09/05/2011 às 08h21min - Atualizada em 09/05/2011 às 08h21min

Programa Campo Futuro avalia custos de produção de produtores de leite

Revista Leite Integral

O projeto também conta com a participação de técnicos do Cepea/Esalq (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), da USP (Universidade de São Paulo). O levantamento foi feito com grupos específicos de produtores, principalmente aqueles que adotam a pecuária leiteira empresarial e investem em tecnologia, genética e nutrição animal. Entre as informações apuradas estão a quantidade de rebanho, situação das benfeitorias, aquisição de insumos agropecuários e preço médio do leite pago ao produtor. “Uma vez que esses dados são apurados, os técnicos da CNA e do Cepea fazem uma análise econômica da atividade e apontam as vantagens e desvantagens da produção identificada no grupo pesquisado”, explica Carlos Augusto Zanata, analista de Pecuária do Sistema Famato.

Esse levantamento de informações, denominado “Painéis de Custo de Produção de Leite”, também está sendo feito em outras regiões do país. No ano passado o programa foi realizado em seis estados. Neste ano, Mato Grosso foi incluído.

Além dos produtores, participam do Campo Futuro veterinários, proprietários de lojas agropecuárias e técnicos da Empaer (Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural). O Cepea/Esalq acompanhará mensalmente os preços do leite pago ao produtor e os preços dos insumos.

Segundo informações CNA, o Campo Futuro também promoverá treinamentos aos produtores para operarem no mercado futuro.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »