28/04/2018 às 13h21min - Atualizada em 28/04/2018 às 13h21min

O que pode ser feito com o leite em pó desnatado dos estoques de intervenção?

Grande volume de leite em pó desnatado (SMP) nos estoques é para o mercado, encontrar um destino para ele poderá trazer certa estabilidade

Fonte: Portal Terra Viva
Terra Viva

Estoques de intervenção – O grande volume de leite em pó desnatado (SMP) nos estoques de intervenção é uma grande preocupação para o mercado. Encontrar um destino para ele poderá trazer certa estabilidade nas cotações.

A Comissão Europeia (CE) já está vendendo SMP em licitações desde dezembro de 2016, mas, somente conseguiu se desfazer de 10.548 toneladas. A maior parte fendida nas duas últimas licitações, a preços bem abaixo do mercado. Restam, no entanto, 375.000 toneladas de SMP em intervenção, cuja saída, até agora foi através de licitação. Surgem rumores de que a CE poderia estar preparando uma forma de venda a preço fixo, com o objetivo de incentivá-las.

Segundo a Associação britânica, AHDB, existem outras opções, mesmo que suas implementações seja difíceis:

– Ajuda alimentar – a atual legislação só permite a distribuição dos estoques de intervenção como ajuda alimentar para os mais necessitados dentro da União Europeia, se forem avaliadas ao preço mínimo de intervenção (€ 1.698/tonelada), o que a transforma em uma opção antieconômica.

– Alimentação animal (ou outros mercados alternativos): a CE adota uma posição de que são os operadores que precisam encontrar mercados e não a CE. O sistema de venda seria caro e difícil de garantir tratamento igual entre os compradores.

– Utilização como biomassa para rações: esta é uma opção sem viabilidade econômica.

Portanto, continua existindo uma dificuldade muito grande para acabar com o SMP armazenado, deixando a CE sujeita a aceitar preços muito reduzidos, e dificuldades em encontrar compradores para grandes volumes.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »