26/04/2017 às 10h07min - Atualizada em 26/04/2017 às 10h07min

Inundações põem em perigo produção de leite na Nova Zelândia

O ciclone “Cook” provocou excessos hídricos em várias regiões no país. Este episódio se soma ao recente ciclone Debbie que afetou Queesnland na Austrália e parte da Nova Zelândia.

O ciclone “Cook” provocou excessos hídricos em várias regiões no país. Este episódio se soma ao recente ciclone Debbie que afetou Queesnland na Austrália e parte da Nova Zelândia. O Ciclone Cook poderá afetar a produção de leite da Nova Zelândia na próxima temporada.

Assim prevê o DairyNZ. Os fortes ventos e chuvas torrenciais do ciclone Cook provocaram, na semana passada, inundações em várias regiões do país. O excesso de chuvas poderá impactar sobre o crescimento das pastagens e prejudicar a produção de leite da temporada 2016/2017 que se encerra até o dia 31 de maio. O aumento do risco climático levou a uma vigorosa elevação nos preços futuros dos produtos lácteos na bolsa neozelandesa.

Os analistas acreditam que a Fonterra poderá ajustar para menos sua projeção da produção de leite na Nova Zelândia. A última estimativa da cooperativa apontava uma queda de 3% em relação ao ciclo anterior. O executivo da DairyNZ, Tim Mackle, destacou que as condições foram “Extremamente duras” para os produtores. “Dependendo de como se desenrola o inverno, é possível que o impacto da chuva atinja a próxima temporada e repercuta negativamente na produção”, disse. “Um inverno ruim será um desafio”, disse ao New Zealand Herald.

DairyNZ informou que entre 3.500 e 4.000 cabeças de gado foram deslocadas em decorrência das inundações na região da Bahia de Plenty (ao Norte da Ilha Norte da Nova Zelândia, próximo a Auckland)

Fonte: Portal Terra Viva

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »