18/02/2024 às 12h10min - Atualizada em 18/02/2024 às 12h10min

Queijo de Ovelha - Algumas considerações

O leite de ovelha é altamente nutritivo, mais rico em vitaminas A, B e E, cálcio, fósforo, potássio e magnésio do que o leite de vaca.

A Casa do Produtor
Imagem de Wirestock no Freepik
As ovelhas foram criadas para obter leite há milhares de anos e foram ordenhadas antes das vacas. A indústria comercial mundial de ovinos leiteiros está concentrada na Europa e nos países do Mar Mediterrâneo ou próximos a ele. O leite de ovelha é altamente nutritivo, mais rico em vitaminas A, B e E, cálcio, fósforo, potássio e magnésio do que o leite de vaca. Contém maior proporção de ácidos graxos de cadeia curta e média, que apresentam benefícios reconhecidos à saúde. Por exemplo, os ácidos graxos de cadeia curta têm pouco efeito sobre os níveis de colesterol nas pessoas. Eles tornam o leite mais fácil de digerir.

Segundo um pesquisador alemão, o leite de ovelha contém mais ácido linoléico conjugado (CLA) do que o leite de porcos, cavalos, cabras, bovinos e humanos. CLA é uma gordura que combate o câncer e reduz a gordura. Os glóbulos de gordura do leite de ovelha são menores do que os glóbulos de gordura do leite de vaca, tornando o leite de ovelha mais facilmente digerido. O leite de ovelha pode ser congelado e armazenado até que haja quantidade suficiente de leite disponível para vender ou fazer iogurte ou queijo. O congelamento não afeta as qualidades do leite.

O leite de ovelha tem maior teor de sólidos do que o leite de cabra ou de vaca. Como resultado, é possível produzir mais iogurte ou queijo a partir de um galão (ou litro) de leite de ovelha do que de um galão (ou litro) de leite de cabra ou de vaca. O leite de ovelha rende 18 a 25 por cento, enquanto o leite de cabra e de vaca rende apenas 9 a 10 por cento. Embora as ovelhas geralmente produzam menos leite que as cabras e muito menos que as vacas, o leite de ovelha é vendido por um preço significativamente mais alto por quilo, quase seis vezes o preço do leite de vaca.

A maior parte do leite de ovelha produzido no mundo é transformada em queijo. Alguns dos queijos mais famosos são feitos com leite de ovelha: Feta (Grécia, Itália e França), Ricota e Pecorino Romano (Itália) e Roquefort (França). Os EUA são um grande importador de queijos de leite de ovelha. O leite de ovelha também é transformado em iogurte e sorvete. Raças de ovelhas leiteiras
Embora ovelhas lactantes de qualquer raça possam ser ordenhadas, como acontece com outras espécies de gado, existem raças especializadas de ovelhas leiteiras. Existem mais de uma dúzia de raças de ovelhas leiteiras em todo o mundo, mas apenas algumas estão disponíveis nos Estados Unidos: East Friesian e Lacaune. Raças leiteiras especializadas produzem de 400 a 1.100 libras de leite por lactação, enquanto a produção de leite de raças ovinas convencionais é de apenas 100 a 200 libras de leite por lactação.

Em todo o mundo, a maioria das ovelhas é ordenhada sazonalmente à mão. Isto ocorre porque muitas ovelhas leiteiras são criadas em áreas remotas onde nenhuma vaca poderia sobreviver. Os modernos laticínios de ovelhas utilizam máquinas sofisticadas para a ordenha: salas de ordenha, tubulações, tanques de granel, etc. As ovelhas são ordenhadas uma ou duas vezes por dia.A produção máxima de leite é obtida quando os cordeiros são retirados de suas mães dentro de 24 horas após o nascimento e criados com substitutos artificiais do leite, como é comum na Europa e em laticínios de vacas e cabras.

A Casa do Produtor vai tirar algumas dúvidas de quem deseja utilizar este leite na fabricação de queijos e outros derivados.


O QUE É QUEIJO DE OVELHA? Como o nome diz, queijo de ovelha é o queijo que é feito com leite de ovelhas. As ovelhas vêm sendo criadas para o consumo de leite por milhares de anos e foram ordenhadas antes mesmo do que as vacas. Hoje, o mercado principal do queijo e leite de ovelha se concentra na Europa e em países próximos do mar Mediterrâneo, mas diversos outros lugares, como o Brasil, vêm se destacando na produção queijos de ovelha com diversos queijos premiados internacionalmente.

BENEFÍCIOS DO QUEIJO DE OVELHA - O queijo de ovelha é altamente nutritivo, mais rico em vitaminas A, B e E, cálcio, fósforo, potássio e magnésio em comparação ao queijo de vaca. Ele contém proporções maiores de cadeias curtas e médias de ácidos graxos que são reconhecidas por seus benefícios para a saúde. Por exemplo, as cadeias curtas de ácidos graxos têm efeitos baixos nos níveis de colesterol nas pessoas e fazem com que o leite seja de mais fácil digestão. De acordo com pesquisadores da Alemanha, o leite de ovelha possui mais ácido linoleico conjugado (CLA) do que o leite de porcos, cavalos, cabras, vacas e humanos. O CLA é conhecido por combater o câncer e ajudar na redução da gordura corpórea. As células de gordura no leite e queijo de ovelha são menores que as células de gordura do leite de vaca, transformando o leite de ovelha e seus derivados em uma ótima opção para intolerantes.

QUEIJO DE OVELHA TEM LACTOSE? Sim, o queijo de ovelha contém lactose, mas bem diferente do que os produtos derivados de leite de vacas. O leite de ovelha possui estruturas diferentes de proteína que transformam o queijo de ovelha em uma bela opção para intolerantes à lactose.

QUAL O SABOR DO QUEIJO DE OVELHA? O leite de ovelha possui um sabor mais adocicado do que o leite de ovelha e de cabra, esse sabor é transferido para o queijo de ovelha. Mesmo assim, vale a pena ressaltar que cada queijo de ovelha possui características, sabores e texturas únicos que variam de acordo com seu método de produção, tempo de maturação, alimentação das ovelhas e muitos outros fatores. O ideal é experimentar cada um deles!

TIPOS DE QUEIJO DE OVELHA - Existem muitos queijos de ovelha diferentes, os mais famosos e icônicos são: Manchego, Roquefort, Pecorino, Feta, Halloumi e Ossau-Iraty
DIFERENÇAS ENTRE O QUEIJO DE OVELHA E O QUEIJO DE CABRA - É muito comum que as pessoas confundam o queijo de ovelha com o queijo de cabra, mas eles são queijos muito diferentes. Enquanto os dois tipos de queijos oferecem nutrientes similares, a quantidade de destes é diferente em cada um deles. O queijo de ovelha contém quase o dobro de gorduras e proteínas, mais carboidratos, cálcio, magnésio, vitamina B12 e vitamina C do que o queijo de cabra. Em outra mão, o queijo de cabra possui mais vitamina A do que o queijo de ovelha. Em relação textura, o queijo de ovelha possui mais caseína do que o queijo de cabra. O resultado é um queijo mais consistente e menos propenso a se esfarelar. Por ter mais gordura, os queijos de cabra também tendem a ser mais cremosos na boca do que os queijos de cabra.

COMO SE COME QUEIJO DE OVELHA? O queijo de ovelha é perfeito para qualquer ocasião. Prefira os menos maturados e frescos para o café da manhã, utilize os mais maturados para tábuas de queijos e frios ou receitas. Fica uma delícia em sanduíches ou puro mesmo no lanche da tarde. Como dissemos anteriormente, existem centenas de queijos de ovelha com diferentes texturas e sabores, cada um deles pode ser utilizado em diferentes ocasiões.

COMO CONSERVAR QUEIJO DE OVELHA? A conservação do queijo de ovelha vai depender do seu estágio de maturação. Para os queijos mais maturados, prefira embalar em papel plástico (Magipack) e guardar na parte menos fria da geladeira para que ele não resseque. Os queijos mais frescos podem ser guardados em potes de vidro ou plástico, mas tendem a durar um pouco menos. Na dúvida pergunte, estamos sempre a disposição para tirar qualquer dúvida.

Fonte: A Casa do Produtor. A Casa do Produtor é um projeto que tem como principal missão conectar o produtor artesanal brasileiro diretamente com o consumidor final, neste caso você. Whatsapp: (11) 97641-8492 - contato@acasadoprodutor.com.br

Obs: Atualizado em 18 de fevereiro de 2024

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp