14/02/2016 às 09h22min - Atualizada em 14/02/2016 às 09h22min

Consultores ajudam a transformar ideias de negócio em realidade

Portal G1
Globo.com

‘Mãozinha’ começa com teste de autoconhecimento do empreendedor. Sócio pode ser solução para quem tem dificuldade em alguma área.

O empreendedor tem a ideia. Só que na hora de botar a empresa para funcionar do zero não é fácil. Mas existem alguns passos para transformar a empresa em realidade.

Segundo especialistas, tudo começa com uma avaliação, para saber se a pessoa tem capacidade gerencial e competência técnica para fazer o negócio deslanchar. É um teste de “autoconhecimento do empreendedor”, para saber se a pessoa é: mais introvertido ou extrovertido, mais analítico ou mais criativo, mais proativo ou mais reativo. E ver quais os pontos fortes e quais os que são necessários desenvolver.

A empresária Mirany Nascimento Soares, por exemplo, quando decidiu vender pão de queijo, fez um curso de empreendedorismo. Descobriu que era ótima em finanças, mas péssima em vendas. E chamou o marido Marcello Lage para ser sócio na empresa.

Já a empreendedora Laís Tavares é formada em Rádio e TV, mas gosta mesmo é de cozinhar. Ela decidiu então abrir uma empresa de doces em casa. O consultor Fernando Saade foi até empresa de Laís, orientá-la a planejar o negócio.

A segunda fase do empreendimento é colocá-lo pra funcionar. Mirany Nascimento Soares fez uma pesquisa de mercado e percebeu que tinha muito pão de queijo sendo vendido, mas que podia investir no pão de queijo gourmet.

Agora, pra fazer a empresa decolar, seria preciso transformar o empreendimento em um sucesso de público. No caso da Mirany, para ver se a idéia funcionava, ela e o marido reuniram 30 pessoas e pediram para elas provarem várias receitas, e escolher a que mais gostavam.

Para a Laís, da empresa de doces, foi o consultor Alessandro Saade quem deu a dica: fazer os doces menores, melhorar a embalagem e ampliar mercado. Outra fase é a operação do negócio é avaliar constantemente o empreendimento.

Para Mirany e Marcello, o erro virou oportunidade. Um dia, a massa desandou. Um prejuízo de uma tonelada e dez mil reais. Mas Mirany pôs a massa na sanduicheira e descobriu um novo produto: wafle de pão de queijo.

Já a Laís, para melhorar a operação do negócio, reformou uma sala nos fundos da casa para produzir os doces. E a última etapa é olhar para o futuro. No caso de Mirany e Marcello, para poder desenvolver novos produtos, eles montaram uma fábrica própria. De lá saiu o pão de queijo multigrãos. E com o dólar alto, eles apostam na exportação. E já estão fechando vendas para cinco países.

CONTATOS:
FORMAGGIO MINEIRO
Rua Otávio Tarquínio de Sousa, 283 – Campo Belo
São Paulo/SP – CEP: 04613-001
Tel: (11) 2495-1402
Site: www.formaggiomineiro.com.br
Email: atendimento@formaggiomineiro.com.br

DOCE DE MOÇA
Telefone: (11) 2538-9627/ 99567-0356
Email: contato.docedemoca@gmail.com
Fanpage: www.facebook.com.br/docedemoca.art

BUSINESS SCHOOL SÃO PAULO
www.bsp.edu.br

SENAC TATUAPÉ
Rua Coronel Luiz Americano, 130 – Tatuapé
São Paulo/ SP – CEP: 03308-020
Telefone: (11) 2191-2900
E-mail: tatuape@sp.senac.br

OCUPA
Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 83
São Paulo/ SP – CEP: 04014-010
Email: expositor@ocupafoodpark.com.br
Fanpage: www.facebook.com.br/ocupa

http://g1.globo.com/economia/pme/noticia/2016/02/consultores-ajudam-transformar-ideias-de-negocio-em-realidade.html


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »