31/01/2013 às 12h32min - Atualizada em 31/01/2013 às 12h32min

Leite - Companheiro para todas as horas.

Da infância até a terceira idade, o leite é um parceiro infalível. Presente no café da manhã, nas refeições, nos lanches, o alimento é vital para a saúde de todo ser humano. Mas ele vai além ao movimentar também uma grande indústria, gerando empregos, renda e desenvolvimento. Para comemorar a importância dele e reforçar o consumo, é comemorado, no dia 1º de junho, o Dia Mundial do leite.

Esse ano, o Silemg realizou uma comemoração diferente: mais de 2.000 pessoas se reuniram para um almoço com iguarias preparadas com produtos lácteos, no Restaurante do Trabalhador, gerenciado pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), em Contagem. “Nada melhor do que celebrar o Dia Mundial do Leite levando, aos trabalhadores, informação e algumas das delícias que podem ser feitas com os derivados do leite”, afirma Celso Moreira, diretor executivo do Silemg.

O cardápio do dia foi especialmente preparado para a comemoração. Dentre os pratos que mais fizeram sucesso, estavam a salada de tomates com mussarela e manjericão, bife à milanesa e batata gratinada. “O Restaurante do Trabalhador teve a satisfação de receber a comemoração e, para isso, preparou o cardápio em parceria com o Silemg”, conta Leonardo Zanol de Oliveira, coordenador técnico da Alimentação do Serviço Social da Indústria (SESI).

O resultado foi positivo, e todos que passaram por lá aproveitaram os pratos e perceberam como o leite pode estar mais presente em cada refeição. “O almoço estava ótimo e a ação foi muito bacana. Foi um dia para consumir o leite, que, muitas vezes, não damos importância, mas é fundamental para nossa saúde”, avaliou Oldemar Magalhães, funcionário público. Os trabalhadores receberam também um bóton e um informativo para compartilhar com a família e amigos. 

O que o leite tem?  O leite é um alimento natural, complexo e que apresenta um balanço nutricional apreciável: muitas proteínas de alto valor biológico e fácil digestão, carboidratos, vitaminas e minerais. Entre os benefícios, estão a redução de gordura corporal, o combate ao diabetes e o favorecimento à práticas esportivas. “O cálcio participa do processo de contração muscular. Propriedades como redução da pressão sanguínea, diminuição da absorção do colesterol, de ácidos biliares e de gorduras em geral são, também, associadas ao consumo de produtos lácteos”, explica a nutricionista Vanessa Gonçalves Almeida.

O cálcio é um mineral encontrado no leite e presente no corpo humano, 99% em ossos e dentes e 1% na corrente sanguínea. No sangue, ele transporta alguns nutrientes, regula o metabolismo e participa da comunicação entre os neurônios. Além disso, contribui para a cicatrização de feridas, coagulação sanguínea e contração muscular. “Quantidades adequadas de cálcio na alimentação previnem e tratam osteoporose”, reforça Vanessa.

Leite e derivados são importantes em todas as fases da vida, mas na infância, adolescência e também na gestação, as necessidades de proteínas, minerais e vitaminas são maiores. O motorista Eduardo Silveira, que participou da ação no restaurante do Trabalhador, diz, consciente: “Leite e bom para gente, por isso, sempre consumo”. Segundo a nutricionista, o ideal é consumirmos três porções de leite e derivados por dia, o que daria, por exemplo, meio copo duplo de leite integral ou um copo de leite desnatado, duas fatias de queijo branco e um iogurte. “É importante ressaltar que os queijos brancos, leite desnatado, iogurtes naturais ou desnatados são sempre opções mais interessantes por conterem os mesmos nutrientes e um baixo teor de gordura”, conclui.

O Dia Mundial do Leite

A data foi criada em 2001 pela Organização das Nações Unidas (ONU) como forma de incentivar o consumo de laticínios pela população mundial. O Brasil ocupa, atualmente, a 65ª posição no consumo mundial de produtos lácteos, sendo Minas Gerais o maior estado produtor de leite do país.

Desde 2009, o Siemg promove e incentiva ações em comemoração ao Dia Mundial do Leite. O objetivo é sempre reforçar sua importância para o consumidor e para o mercado. Hoje, vários estados também acompanham esse calendário.


 


Autor: SILEMG

Referências bibliográficas: 

Sindicato da Indústria de laticínios do Estado de Minas Gerais. Ano XV – Nº 47 – Junho/2012


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »