10/10/2012 às 08h31min - Atualizada em 10/10/2012 às 08h31min

Preserve o Meio Ambiente - Torne-se uma Empresa Sustentável

Para ser considerada uma empresa sustentável, a organização deve começar com a adoção de práticas internas para melhorar o aproveitamento dos diversos recursos que utiliza diariamente.

Torneiras que se fecham automaticamente, coleta seletiva de materiais, reaproveitamento de papel, utilização de luz solar em lugar da luz artificial e sistemas de ventilação natural no lugar dos equipamentos de ar-condicionado, por exemplo, são algumas ações que certamente trarão benefícios para o meio ambiente e uma consequente redução de despesas com energia elétrica, água e compra de materiais. A preferência por fornecedores que adotem práticas ecologicamente corretas é  outro meio eficiente de assumir uma postura mais sustentável diante do mercado. Da mesma forma, investir no treinamento dos colaboradores para que eles pratiquem essas atitudes dentro da empresa e em suas casas, também é fundamental que a organização se torne efetivamente sustentável.

Os produtos da empresa compõem outro ponto que merece atenção especial. Na busca pela sustentabilidade, convém que eles apresentem embalagens recicláveis e, em alguns casos, fabricadas com materiais reciclados. Além disso, os itens produzidos pela organização não devem empregar em sua composição, nenhum tipo de elemento que possa prejudicar o meio ambiente.

As empresas, de um modo geral, já estão bastante adiantadas em relação à adoção de práticas sustentáveis, fato que pode ser comprovado pelo sucesso do prêmio que é concedido anualmente pelo Guia Exame de Sustentabilidade. Em 12° edição, o prêmio elege as empresasmais empenhadas na promoção de práticas que visam proteger o meio ambiente.

Qualquer organização pode participar do prêmio, sendo que as mais bem colocadas são aquelas que adotam métodos de baixo impacto ambiental em suas atividades, mantêm um diálogo aberto com a sociedade para a preservação de áreas, investem em projetos de educação ambiental e participam de fóruns de discussão sobre a preservação do planeta.

Faça parte de um Planeta Sustentável - Dicas de Boas Atitudes

A sustentabilidade atualmente está entre as principais preocupações dos indivíduos e das instituições. São muitas as maneiras de colaborar para um planeta sustentável, entre as principais estão:

A partir de casa: Assim como a família é a base da sociedade, também é por influência dela que as mudanças de atitudes sustentáveis dos indivíduos começam.

Diminuir o consumo de água desnecessário: Tomar banhos mais rápidos; fechar a torneira na hora de lavar a louça e escovar os dentes e usar lavadora de roupas somente quando tiver acumulada certa quantidade de roupas; Diminuir os gastos com energia elétrica: Trocar as lâmpadas incandescentes pelas fluorescentes, que além de mais potentes são bem mais econômicas; utilizar eletrodomésticos econômicos; utilizar notebook ao invés de computador; deixar sempre desligado um  aparelho que não esteja sendo utilizado e fazer uso de ar condicionado e ventiladores somente quando for realmente necessário, e ainda assim preferir os ventiladores; Reciclar o lixo: Além de plásticos, que demoram muito para se decompor, e papeis, que, se reciclados podem proporcionar uma redução no desmatamento, também é importante ter muito cuidado com o descarte de pilhas e baterias, que têm elementos extremamente prejudiciais à natureza, e devem ser 

descartadas somente em lugares apropriados. A partir da empresa: A consciência de colaborar para um planeta sustentável é essencial para o sucesso de qualquer empreendimento.

Descarte de lixo e materiais em locais impróprios: Muitas empresas, mesmo submetidas a multas, ainda realizam esta prática, que causa um tremendo impacto na natureza;

Reciclagem de lixo e materiais: As empresas podem separar o lixo reciclável em lugares próprios para isso, ou podem realizar a reciclagem, como muitas têm feito, e ainda serem beneficiadas com redução de custos; Energia elétrica: Substituir equipamentos antigos que consomem muita energia por outros mais modernos, o que, além de beneficiar o meio ambiente, possibilitará uma redução dos gastos da empresa.



Obs: Economizar água é fácil e possível com a simples atualização dos equipamentos de uso diário.Economizar água é fazer uso racional, portanto sem desperdícios.Economizar água é economizar recursos, é economizar dinheiro.

Torneiras Econômicas

Há duas maneiras de se reduzir o consumo de água, uma delas reduzindo a vazão do ponto de consumo, outra reduzindo o tempo de abertura do mesmo. Melhor ainda quando reduzimos os dois. Torneiras convencionais consomem acima de 5 litros por minuto, porém o que se verifica em média são vazões de 6 a 7 litros/minuto.

Para redução da vazão, Arejadores Econômicos: Apenas com sua aplicação reduzem o consumo de 50 a 80%, sem perda da eficiência e do conforto. Modelos com regulador de vazão fixa para atender torneiras de lavagem de mãos, com vazão de 1,8 litro/minuto e modelos com redução de vazão por simples restrição para lavagem de utensílios. Ambos com espalhamento através de micro jatos para manter a eficiência.

Para redução do tempo de abertura há os modelos de Torneiras Temporizadas Manuais e Eletrônicas e Sensorizadas:

Reduzem o consumo de 30 a 40%, com ganhos de conforto e higiene. São também dotadas de dispositivo de vazão fixa que reduzem a vazão para 4 litros/minuto, porém com arejadores convencionais em suas versões básicas. Há de se levar em conta também a manutenção das mesmas. Dispomos de equipamentos robustos para aplicação em sanitários de alto tráfego, com garantia 4 vezes maior que a do mercado, e que portanto tem custo de manutenção muito menor.

Saboneteiras Econômicas

Em sanitários de alto tráfego há dois grandes custos com as saboneteiras, o sabonete e a manutenção e reposição de peças. Nossas saboneteiras não trabalham com refil, sendo compatíveis com qualquer tipo de sabonete ou degermante vendido em galão, o que é sempre a opção mais econômica.

Quanto à manutenção dispomos de equipamentos robustos para aplicação em sanitários de alto tráfego, com garantia 4 vezes maior que a do mercado, e que portanto tem custo de manutenção muito menor, ainda mais levando em conta que muitos destes produtos do mercado não são passíveis de manutenção e portanto descartáveis.

Válvulas de Descarga Econômicas

Válvulas de descarga diretas consomem acima de 15 litros por ciclo, porém o que se verifica em média é 20 litros. Os vasos sanitários fabricados apartir de 2003 precisam apenas de 6 litros para uma descarga completa. Os vasos sanitários são responsáveis por 30 a 50% do consumo de água do banheiro. 

Válvulas de Mictório Econômicas

As válvulas de mictório estão longe de ser preocupação quanto ao consumo de água. Isso afirmamos, cientes da situação, que a grande maioria dos usuários deixa de fazer seu acionamento. Este fato é o causador do mau cheiro dos sanitários masculinos, e do problema constante de entupimento das louças de mictório. Para sua solução há gastos com colocação de pastilhas odorizadoras, naftalina e/ou gelo, que trazem consigo custos operacionais ou ainda sistemas de descarga constante que aí sim geram grande desperdício de água. A solução definitiva para este problema são as válvulas sensorizadas que acionam a descarga após o uso do mictório, e em sendo assim diminuindo drasticamente a mão-de-obra para sua manutenção além dos "insumos" citados anteriormente.

Chuveiros Econômicos

Há duas maneiras de se reduzir o consumo de água, uma delas reduzindo a vazão do ponto de consumo, outra reduzindo o tempo de abertura do mesmo. Melhor ainda quando reduzimos os dois. Duchas convencionais consomem acima de 15 litros por minuto, porém o que se verifica em média são vazões de 25 litros/minuto. Cabe ressaltar que os banhos são certamente os "vilões" de consumo de água de um banheiro, podendo representar próximo a 50% do total gasto.

Para redução da vazão, Reguladores de Vazão e/ou Duchas Econômicas: Apenas com sua aplicação reduzem o consumo de 50 a 80%, sem perda da eficiência e do conforto. Com regulador de vazão fixa para atender duchas convencionais com vazão de 12 litros/minuto e Duchas Econômicas com vazões que variam de 6 a 10 Litros/minuto, estes com tecnologia de epalhamento e/ou mistura com Ar para manter a eficiência e o conforto do banho. Também existem equipamentos robustos para aplicação em sanitários de alto tráfego, que reduzem custos com reposição de peças em locais públicos como clubes, academias e vestiários em geral.

Para redução do tempo de abertura há os modelos de Controladores Temporizados Manuais e Eletrônicas e também versão sensorizada: Reduzem o consumo de 20 a 50%, dependendo do modelo e aplicação. Podem também ser dotados de dispositivo de vazão fixa que pode variar de 6 a 12 litros/minuto. Garantem uma utilização mais racional, inclusive garantindo o uso apenas na presença do usuário. Sua funcionalidade acaba também por reduzir o tempo de permanência do usuário. Os modelos eletrônicos podem interromper o banho após tempo programado.

Cabe salientar que ao reduzir o consumo de água do banho estamos falando em reduzir proporcionalmente a energia (gás/eletricidade) utilizada para aquecimento desta água, e portanto obtém-se significativo retorno financeiro indireto.




Autor: Carlos Abreu

Referências bibliográficas: 

Fonte: http://www.economizaragua.com.br
Blog Atitudes Sustentáveis


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »