15/05/2012 às 07h36min - Atualizada em 15/05/2012 às 07h36min

As Virtudes do Queijo

O queijo é considerado um alimento altamente nutritivo, rico em proteínas, vitaminas (A, D, vitaminas do complexo B) e minerais principalmente o cálcio. É um alimento saudável que não pode faltar na alimentação diária. Além de ser um alimento saboroso e versátil, que combina com receitas doces e salgadas. Os queijos também oferecem vários benefícios para a saúde.

Vários estudos têm mostrado os benefícios do consumo do queijo e produtos lácteos na prevenção da osteoporose e hipertensão, a alcançar e manter um peso saudável e também no tratamento de doenças cardiovasculares como diabetes tipo 2 e síndrome metabólica. (NATIONAL DAIRY COUNCIL, 2007).

Pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade de Washington descobriram que o cálcio consumindo principalmente de fontes alimentares, em vez de suplementos, afetou positivamente o metabolismo do estrogênio e gerou ganhos na densidade óssea em mulheres na pós-menopausa (NAPOLI et al., 2007).

Outro estudo de Oxford descobriu que mulheres que têm baixa ingestão de cálcio na dieta têm um risco maior de fraturas ósseas. Estas pesquisas indicam que as pessoas que tem risco para o desenvolvimento de osteoporose devem ser encorajadas a consumir alimentos ricos em cálcio como os queijos (KEY et al., 2007).

Em relação à prevenção da hipertensão arterial, verifica-se que o cálcio juntamente com os outros nutrientes do queijo como o potássio, magnésio, vitamina D e proteínas tem um importante papel no controle da pressão arterial. Estudo que deu origem a dieta DASH (Dietary Approaches to Stop Hypertension), realizado pelo governo americano mostrou que uma dieta pobre em gordura associada a um consumo de alimentos láticos com teor de gordura reduzido (3 porções diárias) associado ao consumo de frutas e vegetais (8 a 10 porções diárias) mostrou uma maior redução da pressão arterial do que uma dieta rica em frutas e vegetais somente (APPEL, 1997).

O papel dos queijos na perda e controle do peso é devido ao papel realizado pelo cálcio neste processo. Estudos demonstraram que o cálcio atua gerando um maior gasto energético através de um controle hormonal e aumento da oxidação de lipídios. O cálcio também atua diminuindo a absorção dos ácidos graxos no intestino através da formação de sais de cálcio e aumento da saciedade (TEEGARDEN, 2005; CUMMINGS et al., 2006).

Outra virtude do queijo está no importante conteúdo de CLA (Conjugated Linoleic Acid), ácido linoléico conjugado, presente na gordura dos queijos produzidos a partir do leite de vaca.

Conforme resultados de diversas pesquisas, foi verificado que o CLA auxiliou na prevenção da arteriosclerose com a diminuição do colesterol total e do LDL; teve ação contra certos tipos de câncer como de mama, próstata e estômago, inibindo o crescimento das células cancerígenas e tumores malignos; diminuiu a resistência à insulina auxiliando no tratamento do Diabetes tipo 2 e também auxiliou no fortalecimento do sistema imunológico (ABIQ).

O consumo de 3 porções diárias de queijos, leite e derivados lácteos, juntamente com uma alimentação equilibrada é importante não somente para fornecer os nutrientes de que o corpo precisa, mas também gerar diversos benefícios para a saúde como já visto nos estudos apresentados. Além disso, deve-se, dar preferência também para os com baixo teor de gordura ou desnatados (NATIONAL DAIRY COUNCIL, 2007).


Autor: Carolina Borges Duarte

Referências bibliográficas: 

1. NATIONAL DAIRY COUNCIL. Health benefits of dairy foods: an update. Dairy Council Digest, v.78, n.6, p.33– 8, nov-dec. 2007.
2. NAPOLI, N. et al. Effects of dietary calcium compared with calcium supplements on estrogen metabolism and bone mineral density. American Journal of Clinical Nutrition, v.85, n.5, p.1428-1433, may. 2007.
3. KEY, T. J. et al. Calcium, diet and fracture risk: a prospective study of 1898 incident fractures among 34 696 British women and men. Public Health Nutrition, v.10, n.11, p. 1314-20, mar. 2007.
4. APPEL, L. J. et al. A clinical trial of the effects of dietary patterns on blood pressure. DASH Collaborative Research Group. The New England Journal of Medicine, v.336, n.16, p.1117-24, april. 1997.
5. TEEGARDEN, D. The Influence of Dairy Product Consumption on Body Composition. The Journal of Nutrition, v.135, n.12, p.2749-52, dec. 2005.
6. CUMMINGS, N.K.; JAMES, A. P.; SOARES, M. J. The acute effects of different sources of dietary calcium on postprandial energy metabolism. British Journal of Nutrition, v.96, n.1, p.138, jul. 2006.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »