18/04/2012 às 15h53min - Atualizada em 18/04/2012 às 15h53min

Leite de arroz em pó

A novidade chegou diretamente da Espanha. O leite de arroz em pó é produzido pela Amandín, fabricante especializada em bebidas funcionais e dietéticas, orgânicas, caldos e cremes vegetais.

 

O leite de arroz em pó é de alta digestibilidade e hipoalergênico, por isso é recomendado para pessoas com distúrbios gástricos, intolerantes à lactose, alérgicos às proteínas do leite de vaca assim como para pessoas com alergia à soja.

 

A bebida é rica em fibras e contém adição de cálcio, vitaminas A e D. “Acho que o leite de arroz em pó é muito prático para uso com crianças, pessoas que consomem como únicos usuários na familia e pessoas que viajam, pois evita desperdícios e perdas. Além disso, é possível levar seu leite sem preocupação de conservação”, comenta Andrea Rieck, proprietária da Diet Empório.

 

Você pode preparar o leite de arroz em pó com café, chocolate, batido com frutas ou utilizá-lo na preparação de molhos, cremes e sobremesas. Segundo a Diet Emporio, o produto tem sabor agradável, excelente solubilidade em água quente ou fria e tem boa textura após o preparo. Em preparações culinárias, é recomendado seu uso somente em receitas que pedem leite em pó, nunca no lugar do leite já preparado. Ele pode ser aquecido, porém não deve ser fervido.



Obs: Existem diferentes marcas de leite de arroz. Para vc saber se ele possui uma quantidade de cálcio similar a quantidade no leite de vaca, o produto deve conter em média 240 mg por porção (1 copo). O leite de soja também poderá ter esta quantidade ou similar, sempre dependendo se foi feita a adição do cálcio no produto ou não. Não há uma quantidade certa de soja para ser oferecida a uma criança. O mais importante é usar o princípio da variedade: quanto mais alimentos saudáveis e nutritivos sua filha receber, melhor. O próprio cálcio pode ser obtido de diferentes fontes de alimentos. Existem diversos vegetais que são boas fontes de cálcio e que também contêm outros minerais e vitaminas. 



Quem importa é a SIM Alimentos: http://www.simalimentos.com.br

 




Autor: Redação Semlactose

Referências bibliográficas: 

info@semlactose.com


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »