28/05/2011 às 08h48min - Atualizada em 28/05/2011 às 08h48min

Fornecedores do Leite das Crianças devem se cadastrar até o dia 30

Governo do Paraná

Termina no dia 30 deste mês o prazo de credenciamento dos interessados em fornecer e distribuir leite pasteurizado para os programas “Leite das Crianças” e “Leite do Paraná”, do Governo do Estado. O objetivo do credenciamento é garantir o abastecimento de leite para distribuição gratuita a cerca de 150 mil famílias do Paraná. 

Segundo Francisco Perez Júnior, responsável pelo programa na Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, as usinas de beneficiamento devem seguir algumas normas para se tornarem aptas a participarem do programa, que propõe a redução das deficiências nutricionais das populações carentes do Paraná e dos públicos alvos participantes dos programas. 

“Para conseguir o credenciamento as usinas precisam possuir sede administrativa e produção dentro no Paraná. Essa é uma forma de incentivar a produção do Estado, ajudando também os pequenos produtores. Ao assinar o contrato a usina também assume o compromisso de investir na qualidade da produção leiteira de seus produtores, garantir assim a qualidade do leite oferecido”, disse Pérez. 

Desde o dia 18 de maio a secretaria realiza reuniões para esclarecer dúvidas sobre o credenciamento das usinas. A última aconteceu na sexta-feira (21) em Curitiba e reuniu 41 participantes, entre membros de núcleos regionais, representantes de industrias de leite, técnicos da Secretaria da Agricultura e da Emater. 

Marcos Bandeira, um dos diretores da empresa Laticínios Ruhban, em Piraquara, foi um dos primeiros fornecedores de leite a participar do programa, e frisou a importância dessa parceria com o governo. “Desde 2003 oferecemos este tipo de serviço ao Estado e pretendemos garantir mais um ano de credenciamento, pois essa é uma garantia de venda para nossa empresa. Fornecemos 500 mil litros mensais para 14 municípios do Estado”, afirma. 

O valor do investimento mensal com os programas é de R$ 5 milhões, em média, recursos bancados pelo Governo do Estado. O leite é adquirido do pequeno produtor por R$ 0,71 o litro. O pequeno produtor entrega o leite para laticínios que, por sua vez, recebem R$ 0,58, totalizando R$ 1,29 por litro de leite – valores estipulados pelo Conseleite (Conselho Paritário Produtores/Indústrias de Leite do Estado do Paraná), órgão responsável por regulamentar o preço de comercialização do leite no Paraná. 

O credenciamento garante à empresa de laticínio contrato de um ano com o Estado e é aberto para usinas que já participam do programa e também para novos produtores interessados. Mais informações no site www.leite.pr.gov.br


 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »