16/04/2011 às 16h18min - Atualizada em 16/04/2011 às 16h18min

Secretário de Agricultura de Sergipe reúne criadores para definir datas das exposições

Governo de Sergipe

Provocar discussão e colher sugestões para rever conceitos sobre a realização das exposições agropecuárias em Sergipe motivou uma reunião com dirigentes de associações criadores de bovinos, equinos, ovinos e caprinos. 

A ação foi promovida pelo secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural (Seagri), José Macêdo Sobral, contou também ainda com a presença do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária (Faese), Eduardo Silveira Sobral, dos prefeitos Walmir Monteiro e José Arinaldo Filho, respectivamente de Lagarto e Frei Paulo, além de assessores da Seagri e diretores. 

José Sobral agradeceu a presença de todos afirmando que aquele encontro visava trazer para junto do Governo todos os segmentos formais ligados aos eventos agropecuários, para dar uma visibilidade melhor sobre o que Sergipe precisa para um fortalecimento maior e definido, estimulando a interatividade que sedimenta o processo democrático de decisões. 

Ele destacou ainda a necessidade de consolidação de um calendário, não apenas de exposições, mas que contemple ou se transformem em feiras para valorizar e promover a agricultura familiar. “É um momento diferenciado que vive o Brasil, revelando-se efetivo e positivo para a agricultura, corroborando-se com as declarações claras da presidenta Dilma Roussef sobre a erradicação da miséria no País. 

E essa colocação presidencial se coaduna com a priorização dada pelo Governo de Sergipe aos agricultores familiares, pois através destes é que realmente se modifica a qualidade de vida e o desenvolvimento do meio rural. E tudo isso passa pela integração das nossas vinculadas e as associações de criadores, oportunizando-se com isso se redefinir e melhorar as mostras agropecuárias sergipanas”, observou Sobral. 

O secretário abriu o leque de discussões e sugestões mostrando alguns dos objetivos para estimular as exposições e sinalizou possibilidades de se ampliar parcerias no momento em que se agrega a agricultura familiar. “Precisamos estimular o entrosamento não apenas com as instituições representativas dos criadores, mas com as prefeituras e organismos que aglutinem a promoção de cursos e treinamentos durante os eventos, como também incentivar a promoção de concursos de produtividade, de resultados como maior e melhor produto, seja fruta ou hortaliça”, enfatiza o secretário. 

O presidente da Associação de Criadores, Roberto Dantas de Góis falou sobre o Progenética que permitirá uma atuação da Associação Brasileira de Criadores de Zebu junto aos técnicos sergipanos, atualizando-os sobre o processo de triagem nos rebanhos, que pode ser efetivada junto aos criadores, sejam grandes ou pequenos. Ele elogiou o encontro, parabenizando o secretário “que revela forte vocação de criador e que, por estar inserido no processo, entende e defende mudanças, posturas inovadoras e integração do Governo do Estado através das vinculadas da Secretaria da Agricultura”. 

O Agrônomo Sérgio Santana, do Núcleo Bahia e Sergipe de Criadores de Guzerá, por sugestão do secretário José Sobral e com a anuência dos criadores, articulará as sugestões e discussões sobre definição de datas, períodos, e sobre a operacionalização das exposições, promovendo encontros com diretores de associações, e a interação com os organismos do governo de Sergipe. 

Feira 
Ao final do encontro ficaram definidas as datas: de 7 a 11 de setembro para a 48ª Exposição Feira de Animais da Região Centro Sul do Estado, em Lagarto; de 12 a 16 de outubro da 29ª Exposição Agropecuária de Nossa Senhora da Glória e 4ª Festa do Leite; e de 6 a 13 de novembro, a 70ª Exposição Agropecuária de Sergipe, em Aracaju. Os demais eventos estão na dependência de definição das datas, que será feita de comum acordo entre prefeitos dos municípios sedes e associações de criadores. 

Presentes ainda ao encontro os diretores da Emdagro Jéferson Feitoza e Salete Dezen; da Pronese Manoel Hora e Marta Leão; da Cohidro Mardoqueu Bodani e João Quintiliano da Fonseca Neto; diretores das variadas associações de criadores, do gerente de exposições agropecuárias de Sergipe Carlos Augusto Pereira, e de assessores técnicos da Seagri.


 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »