02/03/2011 às 10h19min - Atualizada em 02/03/2011 às 10h19min

Epagri capacita produtores de leite em Guarujá do Sul

Epagri

A segunda etapa, de quatro, sobre o Sistema Silvipastoril e a prática de tratamento de palanques acontece nos dias 2, 9 e 15 de março. A primeira etapa da capacitação, para os sócios da Cooperativa de Produtos da Agricultura Familiar e Economia Solidária – Cooperflor - de Guarujá do Sul, aconteceu nos dias 8, 15 e 22 de fevereiro para três turmas, quando os produtores conheceram o sistema Pastoreio Racional Voisin e visitaram uma propriedade referência. 

A terceira etapa vai abordar a criação racional de terneiras, nos dias 22 e 29 de março e 5 de abril e a quarta, e última, vai tratar da qualidade do leite e gestão da propriedade e acontece nos dias 12, 19 e 26 de abril. 

Após cada etapa são feitas visitas às propriedades onde é realizado o mapeamento com GPS, coleta de análise de solo, inventário, planejamento forrageiro e do rebanho. 

As capacitações fazem parte do Projeto de Produção Sustentável e Sucessão Familiar nas Unidades de Produção Agrícola, projeto custeado pela Petrobrás que está investindo mais de R$ 295 mil para a contratação de 2 técnicos, uma secretária, aquisição de um veículo, custeio das capacitações, seminários, materiais e equipamentos necessários para manutenção dos trabalhos. 

"O dinheiro vai acabar, mas as mudanças realizadas nas propriedades não”, afirmou o extensionista da Epagri de Guarujá do Sul, Jonas Marcelo Ramon revelando que a meta do projeto é audaciosa. “Nossa intenção é aumentar em 60% a renda dos beneficiados em dois anos, baixando custos e aumentando a produtividade”, garante. 

Também há uma parceria importante com a secretaria da agricultura do município que disponibiliza ônibus para as visitas e incluiu os cooperados no programa de pastagem perene, que beneficia com arame aqueles que plantam até 2 hectares de pastagens perenes como tifton, hermátria, missioneira e pioneiro. 

A Cooperflor tem 110 associados e fazem parte do projeto “Leitíssima”, 31 famílias. A cooperativa foi criada em 2009 e tem por objetivo o benefício do associado na compra e venda e não a acumulação de capital.


 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »