03/01/2011 às 00h00min - Atualizada em 03/01/2011 às 00h00min

UE: mercado de lácteos está melhorando

Um relatório trimestral da Comissão Europeia sobre o mercado de lácteos observou uma contínua melhora nos preços comparados com os níveis baixos na primavera de 2009, apesar de uma recente queda nos preços de commodities lácteas na União Europeia (UE). De acordo com a Comissão, os preços mundiais continuam sob "níveis historicamente altos".

No mercado mundial, os preços mais competitivos deverão ser encontrados nos Estados Unidos para manteiga, leite em pó e queijo cheddar. O relatório disse que os preços dos Estados Unidos para manteiga e cheddar caíram significantemente durante as últimas semanas. Já os preços na UE atingiram o maior valor para todas as commodities, exceto para leite em pó desnatado.

A produção de leite, que foi menor durante os primeiros meses de 2010 devido ao clima desfavorável e aos menores preços aos produtores, vem aumentando desde a primavera.

O relatório disse que os níveis cumulativos de produção de leite de janeiro a setembro de 2010 foram 0,8% maior que no mesmo período de 2009. Esse aumento na produção, além da maior demanda, tem destinado leite a produtos de maior valor agregado, como iogurtes e queijos. Contudo, as commodities lácteas, como manteiga, leite em pó desnatado e leite em pó integral viram uma redução nos níveis de produção durante os primeiros nove meses de 2010.

"Comparado com os níveis da cota, as primeiras estimativas mostram que as entregas de leite de abril a setembro de 2010 foram 6% menores que a cota para a UE-27", diz o relatório.

A produção de leite dos Estados Unidos vem aumentando firmemente mês a mês para a maioria das regiões do país, com o consumo acima dos níveis do ano anterior.

Entretanto, na Nova Zelândia e na Austrália as condições climáticas - que não foram tão favoráveis como era esperado - evitaram o aumento previsto na produção de leite. Ambos os países previram um aumento na produção total de leite de entre 1% a 3% para a atual estação.

As informações são do Dairy Repórter.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »