02/12/2010 às 13h30min - Atualizada em 02/12/2010 às 13h30min

Argentina: parceiros Milkaut avaliar alternativas para manter o controle da empresa.

www.infocampo.com.ar

A posição dos que pretendem continuar com a empresa tem vindo a consolidar a partir cenário internacional favorável apresentado no sector leiteiro. Que possibilidades são estudadas para atender a dívida de 55 m / u $ s.La a maioria dos parceiros da UE Tamberos Coop Association.Ltda., Controladora da Milkaut SA, estão avaliando alternativas para refinanciar a dívida dolarizada firme e alcançar definitivamente manter o controle da empresa de laticínios como hoje indicaram fontes da indústria Infocampo.com.ar. É que, conforme antecipado Isso significa que o final de setembro do ano passado, no ambiente atual de preços com mercado internacional de lácteos, muitos acionistas acho que não seria impossível para satisfazer a dívida de cerca de $ 55000000 (M / u $ s) e siga on com a empresa. Enquanto o cabo de guerra entre os membros que querem vender e aqueles que querem manter o controle da empresa já existe há vários anos, após o fracasso do processo de venda para um consórcio liderado pelo grupo de Chemo, a posição do buscando manter o controle da planta foi consolidada com uma vingança nas últimas semanas. Uma das principais idéias que seriam avaliados pelos diretores de Milkaut iria implementar semelhante ao refinanciamento este ano por Mastellone Hermanos ( La Serenissima) e permitiu que a família Mastellone continuar a manter uma participação maioritária na empresa de laticínios com sede em Gral. Rodriguez. Além disso, uma outra alternativa que está sendo avaliado é a possibilidade de vender algumas das plantas industriais de propriedade da empresa Santa Fe. Entre as unidades potencialmente vendáveis ​​de plantas Chamical, localizada na província de La Rioja, que é dedicada ao desenvolvimento de queijo ralado está localizado.O outro recurso possível é a planta de San Luis, dedicado ao processamento de leite longa vida e possuir uma certificação HACCP.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »