15/11/2010 às 11h05min - Atualizada em 15/11/2010 às 11h05min

As empresas chinesas estão ganhando terreno em produtos lácteos

INALE/ www.larepublica.com.uy

Inteiramente com base nos volumes de negócios de vendas de produtos lácteos em 2009, e considerando finanças e operações realizadas até junho de 2010, a lista tem como objetivo dar uma idéia da posição competitiva das empresas líderes no que se refere aos produtos lácteos. analistas do Rabobank disseram que a principal conclusão é que o ranking de 2009, o número de empresas de países não-ocidentais está aumentando. No ano passado, a empresa chinesa Mengniu entrou no top-20 e este ano foi a vez Yili, outro processador de laticínios chinês.Analistas do Rabobank disse que as duas empresas ganharam lugares graças à relativa estabilidade da sua moeda eo nível de preços de varejo locais. Nenhuma das empresas latino-americanas listadas atualmente no topo da lista (top 20) mas o banco revelou que dois estão prestes a se juntar ao clube dos grandes centrais leiteiras do mundo.A aquisição das explorações leiteiras nacionais do Grupo Lala, sediada no México, deve ter causado atingiu um dos lugares no top 20, mas a falta de dados financeiros públicos determinados a permanecer na porta da frente. Além disso, a incorporação no Brasil de Itambé, Centro Leche, Confepar, Cemil Mineiras e Minas Leite, no próximo ano, certamente levará a um participante no Brasil no topo do top 20, e esta fusão é quase certo .

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »