09/05/2023 às 15h07min - Atualizada em 09/05/2023 às 15h07min

Dia de Campo sobre pecuária leiteira no município de Santa Isabel

a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI) Regional Mogi das Cruzes, por meio da Casa da Agricultura de Santa Isabel, promoveu um Dia de Campo com uma programação, teórica e prática, abrangente e temas relevantes para o setor.

Cleusa Pinheiro
Centro de Comunicação Rural
Cleusa Pinheiro

Com o objetivo de apresentar técnicas de manejo e novas tecnologias para melhorar a produção de leite, bem como aumentar a rentabilidade dos produtores rurais, a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI) Regional Mogi das Cruzes, por meio da Casa da Agricultura de Santa Isabel, promoveu um Dia de Campo com uma programação, teórica e prática, abrangente e temas relevantes para o setor.

Alexandre Duboc, engenheiro agrônomo responsável pela Casa da Agricultura de Santa Isabel, fez a abertura do evento, abordando aspectos econômicos da produção de leite no Estado de São Paulo, a importância do acesso ao conhecimento e estratégias para melhorar a rentabilidade dos produtores, temas que foram aprofundados em sua palestra. “Cada estratégia de manejo de pastagens deve ser adotada de acordo com as características peculiares de solo e relevo, de cada propriedade e do clima da região”. 
Na sequência, o prefeito municipal Carlos Augusto Chinchilla falou sobre a importância da produção leiteira na região, enfatizando: “Assim como há um ‘Cinturão Verde’ (hortaliças) na região, Santa Isabel deverá, junto com municípios do entorno do Alto Tietê e Vale do Paraíba, integrar um 'Cinturão do Leite’”.

Programação

A palestra ministrada pelo médico veterinário Braz Costa de Oliveira Júnior, diretor do Núcleo de Sementes de Avaré, sobre a Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), enfocou a importância dessa técnica para a produção sustentável de leite e apresentou casos de sucesso em propriedades rurais que adotaram a ILPF.

Os participantes também puderam conhecer as últimas novidades em sistemas de manejo de pastagens, bem como tecnologias para a produção de leite da Nova Zelândia, apresentadas pelo médico veterinário Luiz Gustavo Pimentel, do Projeto “Balde Cheio”, além de tirar dúvidas e trocar experiências com os técnicos da CATI de diversas regiões.

 

 

O médico-veterinário Ricardo Mazon Della Colletta, responsável pela Casa da Agricultura de Águas da Prata, ligada à área de atuação da CATI Regional São João da Boa Vista, e especialista em legislação sanitária de produtos animais, palestrou acerca das Boas Práticas no processamento, fez um histórico da legislação sanitária e destacou a importância do Serviço de Inspeção industrial e sanitária de produtos de origem animal, respondendo aos produtores e estudantes presentes inúmeras questões sobre o tema.

Para o engenheiro agrônomo e produtor de leite, Pedro Manzano – anfitrião e palestrante no evento –, o Dia de Campo foi uma excelente oportunidade para atualização profissional e aprendizado. "A palestra do Braz Costa sobre ILPF foi muito esclarecedora e me deu novas ideias para implementar na propriedade.

O tema desenvolvido pelo Ricardo Coleta também foi de extrema importância e esclarecedora, pois a legislação sanitária sobre produtos de origem animal é complexa e os produtores têm muitas dúvidas. Além disso, pude conversar com outros produtores e técnicos e trocar experiências".

Por conta do sucesso e excelente retorno sobre o Dia de Campo, David Rodrigues, diretor da CATI Regional Mogi das Cruzes, informou que outros eventos como esse serão realizados em mais municípios da região, “com o objetivo de cumprir nosso compromisso como órgão de extensão rural, levando informações, conhecimento e tecnologias atualizadas”.

 


 

Fonte: Cleusa Pinheiro – Jornalista MTB 28.487 – Centro de Comunicação Rural (Cecor)/CATI/SAA – cleusa.pinheiro@sp.gov.br


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp