28/06/2022 às 10h50min - Atualizada em 28/06/2022 às 10h50min

Já comeu queijo de burra? Ele é o mais caro do mundo!

Enquanto que os convencionais costumam vir do leite de vaca, cabra ou búfalas, o queijo mais caro do mundo vem do leite de burra. Mais especificamente de uma espécie que vive nos Balcãs, sudeste da Europa.

O chamado queijo “Pule” é produzindo em uma fazenda na Reserva Especial Natural de Zasavica, na Sérvia, e apenas 450 gramas dele podem custar cerca de 1.000 dólares, segundo informações daForbes Brasil. Uma das razões para isso é que as burras não produzem muito leite e precisam ser ordenhadas manualmente três vezes ao dia. Logo, é possível fazer apenas 90 quilos de Pule em um ano, o que explica o valor elevado do produto final – de cor branca, aparência quebradiça e sabor salgado e intenso.

Para fazer um quilo de queijo são necessários 25 litros de leite e uma burra dá apenas 20 litros por ano, quase a mesma quantidade que uma vaca leiteira europeia produz a cada 24 horas.

O leite de burra é altamente nutritivo e conhecido por fortalecer a imunidade. Pesquisadores da Universidade de Nápoles, na Itália, também descobriram que o leite de burra contém menos gordura e é mais nutritivo que o de vaca, bem como funciona como uma proteção extra para o coração, uma vez que contém ômega 3 e seis ácidos graxos que reduzem o colesterol.

Também é bastante similar ao humano, tanto pela composição como pelo sabor, e pode ser consumido sem ferver, já que não contém bactérias. Além disso, esse leite tem 60 vezes mais vitamina C que o de vaca, é rico em vitaminas B, D12 e E, em minerais e proteínas.

A lista de propriedades é longa: reforça a imunidade, revitaliza o organismo e funciona como remédio para a bronquite e para a asma infantil.

O queijo com leite de burra é difícil de ser preparado. Esse leite contêm pouca caseína, a proteína responsável pela cura do queijo. Agregaram leite de cabra para obter uma mistura exitosa. São 60% de leite de burra e 40% de leite de cabra.

Fonte: Portal CLACRI

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »