20/11/2018 às 09h28min - Atualizada em 20/11/2018 às 09h28min

Lacticínios Tirol investe em assistência técnica e tecnologia para aprimorar processos produtivos

O leite vem ganhando terreno no agronegócio brasileiro, empregando um grande contingente de pessoas, seja no campo ou nas cidades. Atrelada à sua produção, está uma ampla cadeia composta por indústrias de ingredientes, embalagens, materiais de limpeza, de máquinas e equipamentos, insumos agropecuários, fabricas de ração, laboratórios, fertilizantes, implementos agrícolas, comércio de animais, entre outras.

O movimento impulsionado pelo ciclo produtivo do leite gera riquezas em todo o país, desde os grandes centros até os pequenos municípios, onde muitas vezes a atividade leiteira acaba sendo a principal fonte geradora de emprego e renda.

No sentido da melhoria contínua dos processos internos, a Lacticínios Tirol investe constantemente em tecnologia e novas soluções. Exemplo disso é o sistema automatizado de coleta de leite no campo, que permite a rastreabilidade completa do leite, as informações em tempo real, a localização das atividades de coleta e o percurso realizado pelos transportadores através de GPS.

Merece destaque o grande trabalho de assistência técnica fornecida pela Tirol gratuitamente aos produtores, e também o compromisso firmado com o Mapa de atingimento de metas de qualidade do programa “Mais Leite Saudável”.

Nesta esteira, a Lacticínios Tirol também conta com apoio de instituições e empresas terceiras, como o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), que destina investimentos para auxiliar no desenvolvimento da qualidade e da produtividade da atividade leiteira.

“Nosso foco é aprimorar a qualidade da matéria-prima, viabilizando o suporte técnico a todos os produtores, seja no manejo nas propriedades, na sanidade do rebanho, no balanceamento de dietas ou na produção de pastagens”, explica Valter Antonio Brandalise, Diretor de Expansão e Política Leiteira da Lacticínios Tirol. “Da mesma forma, investir na rastreabilidade da matéria-prima por sistemas informatizados auxilia na tomada de decisão de forma assertiva e eficaz, bem como na busca incessante de matéria-prima de alto padrão, para oferecer produtos de alta qualidade aos nossos clientes e consumidores”, acrescenta.

Para ele, os desafios são grandes para produzir leite no Brasil, como altos custos de produção, baixa produtividade, dificuldades logísticas, excesso de burocracia e alta carga tributária. “Esses fatores elevam os custos e com isso precisamos ter um alto nível de atenção no sentido de buscarmos uma melhor eficiência operacional de todos os processos. O Brasil enfrenta uma grande crise e não será a última, mas entendemos que por trás de uma crise sempre existem oportunidades”, fala Brandalise.

Sobre a Lacticínios Tirol 
Uma empresa apaixonada por leite e especializada na produção de lácteos. Fundada em Treze Tílias (SC) e há mais quatro décadas no mercado, possui unidades produtivas em Santa Catarina e unidades terceirizadas no Rio Grande do Sul, Paraná e em Goiás.

A Tirol se preocupa em oferecer alimentos com qualidade, inovação e acima de tudo, que tenham todos os nutrientes necessários para uma alimentação saudável e saborosa em todas as etapas da vida. Para isso, conta com uma ampla equipe de profissionais que acompanha de forma criteriosa todo o processo produtivo, desde as práticas de produção dos milhares de produtores parceiros da empresa, até captação dos milhões de litros de leites diários, industrialização e distribuição nos pontos de venda de todo o país, para garantir extrema qualidade na produção e entrega do seu mix de mais 200 produtos.


Fonte: Lacticínios Tirol 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »