16/05/2017 às 11h54min - Atualizada em 16/05/2017 às 11h54min

Termina em 31 de maio prazo para vacinação de bovinos e bubalinos contra a febre aftosa

Termina na próxima quarta-feira (31) o prazo para vacinação de bovinos e bubalinos contra a febre aftosa em todo o território mineiro. Deverão ser vacinados todos os animais que compõem o plantel no estado, independente da idade, um contingente que soma cerca de 23,7 milhões de cabeças. A vacinação é obrigatória e a principal forma de se prevenir contra a doença. Para adquirir a vacina o produtor deve recorrer a uma revenda autorizada levando CPF e carteira de identidade.

O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) é o órgão responsável pela gestão da campanha de vacinação em Minas Gerais.O gerente de Defesa Sanitária Animal do Instituto  Guilherme Costa Negro Dias  lembra que o  produtor que não vacinar o rebanho  estará sujeito a multa de 25 Unidades Fiscais do Estado de Minas Gerais (Ufemgs) por animal, o equivalente a R$ 81,29 por cabeça.

“É importante estar atento também à data para declarar a vacinação do gado, que vai até 10 de junho. O produtor que deixar de declarar estará sujeito a multa de 5 Ufemgs, o equivalente a  R$ 16,26 por animal”, ressalta.


Pela internet
A declaração de vacinação deverá ser feita exclusivamente pelo sitewww.ima.mg.gov.br para os produtores que têm 150 ou mais animais. Os produtores que têm menos de 150 animais têm a opção de declarar também pelo site do IMA ou presencialmente em uma unidade do Instituto.

Guilherme Negro ressalta que em ambos os casos a declaração pelo site do Instituto é mais fácil, ágil e pode ser feita de qualquer lugar com acesso a computador e internet. “Essa opção evita que o produtor tenha de se deslocar até uma unidade do IMA, ficando liberado para dedicar-se às atividades produtivas”, ressalta.

 


Fonte: Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »