22/07/2016 às 13h29min - Atualizada em 22/07/2016 às 13h29min

Semana do Laticinista promove integração entre setores

EPAMIG

Em três dias, evento reuniu indústria, pequenos produtores e especialistas 

A 37ª Semana do Laticinista, encerrada nesta quinta-feira (21) no Instituto de Laticínios Cândido Tostes (Ilct), em Juiz Fora, ofereceu aos participantes uma programação diversificada composta, por minicursos, palestras, Painel de Oportunidades, e pelos tradicionais Concurso Nacional de Produtos Lácteos e Exposição de Produtos Lácteos, que chegaram à 42ª edição. "Esse modelo aproxima indústrias e clientes resgatando a tradição e a origem dos primeiros eventos realizados pela instituição", observa o coordenador da Expolac, Nelson Tenchini.

Neste ano, a Expolac inovou com a realização de degustações comentadas e do Painel de Oportunidades em parceria com o Sebrae Minas. Seis grandes compradores (atacadistas, supermercados e indústrias de alimentos) participaram de encontros com laticinistas e expuseram as necessidades do mercado e o que buscam em fornecedores. "Queremos ampliar o número de fornecedores. Atualmente nossa demanda por produtos lácteos é de 250 toneladas por mês", revela Cynthia Marques da Rede Trigo, fornecedora de empresas como Spoleto, Kone e Domino´s Pizza.


Durante os três dias, oito degustações comentadas atraíram os participantes. "Sempre gostei de cerveja e de queijos, mas até hoje não havia pensado em harmonizar os dois. Gostei das combinações que aprendi aqui e vou adotá-las, garante Gláucio Peron, proprietário da indústria Doce da Roça, de Poços de Caldas.

A programação científica composta por palestras e minicursos reuniu estudantes, pesquisadores e representantes da indústria. "A proposta técnico-científica da Semana foi focada na tríade academia, conhecimento básico e científico e transferência tecnológica para indústria e usuários", avalia o coordenador e pesquisador Adauto Lemos.

Em 2017 a programação integrará o Minas Láctea, evento bienal em formato expandido que contará também com a Exposição de Máquinas, Equipamentos, Embalagens e Insumos para a Indústria Laticinista (Expomaq) e o Congresso Nacional de Laticínios. "A Semana foi um divisor de águas para a Epamig e o Cândido Tostes em termos de fortalecimento de parcerias e de relações institucionais. Tivemos a assinatura do termo de outorga entre Fapemig e Epamig para obras de infraestrutura de laboratório e consolidamos parcerias que auxiliaram na revitalização do Instituto. Tudo isso, nos motiva a planejar a próxima edição do Minas Láctea", afirma o chefe geral do Ilct, Cláudio Furtado Soares.

Concurso Nacional de Produtos Lácteos
Nesta quinta-feira (21) foram anunciados os vencedores das 11 categorias do Concurso Nacional de Produtos Lácteos. Na categoria destaque especial foram premiados o doce produzido com queijo boursin de cabra com cobertura de geleia de morango, da Capril Rancho Campo das Vertentes (1º colocado); o queijo Estrada Real Mantiqueira, do Laticínios Cruziliense (2º); e o queijo Serestão, da Cooperativa Agropecuária do Vale do Paracatu (3º). "Trabalhamos apenas com derivados do leite de cabra, inclusive com uma linha de cosméticos. Essa é nossa primeira participação nos eventos (Concurso, Expolac e minicursos). Consideramos esta uma ótima forma de divulgar nossa marca, que hoje é mais presente no estado do Rio de Janeiro", afirma Sandra Canton Cardoso, sócia do Laticínio Capril de Barbacena.

Para o diretor do Laticínio Paladar de Minas, Geraldo Maciel Júnior, um dos premiados na categoria requeijão cremoso, a participação há três anos nestes tradicionais eventos do setor de lácteos em Juiz de Fora tem feito a diferença em sua produção. "Começamos bem pequenos e hoje temos uma fábrica moderna, inovamos em gestão de pessoas, em equipamentos, mas jamais abrimos mão da receita da vovó", afirma. No ano passado, o Paladar de Minas venceu a categoria requeijão cremoso do Concurso. "Esse prêmio reforçou nossa dedicação em levar produtos de qualidade aos nossos clientes, que estão principalmente no Rio de Janeiro e em parte de São Paulo e da Zona da Mata mineira", comemora.


Vencedores Concurso Nacional de Produtos Lácteos

1º lugar 
Doce produzido com queijo boursia de cabra, com cobertura de geléia de morango

2º lugar 
Queijo estrada real mantiqueira

3º lugar 
Queijo Serestão - Amburana e polpa de Murici



 


Fonte: Epamig 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »