07/06/2016 às 10h35min - Atualizada em 07/06/2016 às 10h35min

Produtores investem em queijos para aumentar renda

Portal G1

Fabricação é comum em muitas propriedades de SP. Em Cosmorama, produtores participaram de torneio para ver quem tem o melhor queijo

Luiz Roberto conta para o Nosso Campo que trocou a cidade pela vida no sítio há 15 anos. Ele é produtor de leite em General Salgado (SP) e faz parte dos 10 mil criadores de vacas leiteiras do Noroeste de São Paulo, a região que mais produz no Estado.

Boa parte da produção vai para o laticínio, mas pelo menos 80 litros são beneficiados pela esposa Vera Lúcia de Lima. Foi a saída que o casal encontrou para aumentar a renda.

No local, cinco tipos de queijos são fabricados: o cremoso, o frescal, o caipira curado, o chancliche e o queijo com ervas finas.

Assim como eles, muitos outros criadores de gado de leite também investem na fabricação de queijo. O interesse é tão grande que os cursos para ensinar a atividade costumam ser concorridos. Em Cosmorama (SP), um grupo de produtores rurais aprendeu todas as etapas, incluindo o processo de higienização. Um cuidado para garantir a qualidade do produto.

No último encontro, até uma competição foi realizada. O torneio serviu para escolher o queijo mais saboroso. Dez produtores de várias cidades participaram.

No total, foram 50 tipos de queijos que passaram por uma avaliação de textura, aparência e sabor. O torneio teve até a presença de Ralph Hays, cônsul geral da Nova Zelândia, país referência na exportação de laticínios.

O queijo que mais chamou a atenção foi o parmesão de Isabel Cristina Sprangoski, que disse ter ficado surpresa com a premiação.

http://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/nosso-campo/noticia/2016/06/produtores-investem-em-queijos-para-aumentar-renda.html


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »