10/08/2008 às 16h06min - Atualizada em 10/08/2008 às 16h06min

Queijo terá centros de maturação

Diário do Comércio

A produção de queijo minas artesanal ganhará centros de maturação e qualidade em Medeiros e Rio Paranaíba. Segundo a Emater-MG (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais), a expectativa é de que os centros comecem a funcionar até o final do ano. 

Os dois centros, juntos, terão capacidade estática para estocar 18 toneladas de queijo por mês. Como o produto poderá ficar no máximo três semanas submetido ao controle de qualidade, a capacidade mensal de comercialização de cada centro atingirá 12 toneladas de queijos.

Os recursos de R$ 750 mil para a implantação das plantas vieram do Ministério do Desenvolvimento Agrário, financiados pela Caixa Econômica Federal. Para dezembro de 2008, está prevista a construção de outros dois centros de qualidade em Araxá e no Serro.

Porém, de acordo com o coordenador técnico estadual da Emater-MG, Elmer Ferreira de Almeida, está sendo aguardada a disponibilidade de liberação de verbas para essas regiões. "Já existe uma emenda parlamentar para a região do Serro, onde o IMA (Instituto Mineiro de Agropecuária) poderá liberar recursos", disse.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »