30/09/2015 às 23h04min - Atualizada em 30/09/2015 às 23h04min

Brasil venderá leite e derivados para russos e chineses

O Globo

A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, disse ontem que o Brasil fechou, ou está em vias de concluir, acordos com 14 mercados, entre os quais, China e Rússia que, pela primeira vez, vão importar produtos lácteos brasileiros, como leite em pó, queijos e manteiga.

As negociações começaram em julho deste ano e representam um potencial de US$ 1,2 bilhão a mais de exportações.Segundo a ministra, num primeiro momento, a China deverá comprar US$ 45 milhões em lácteos, e a Rússia, cerca de US$ 15 milhões por ano. Mas essas projeções são conservadoras.

O Brasil também fechou acordos sanitários para vender carne bovina a Canadá, Arábia Saudita e México, o que deve render à balança comercial cerca de US$ 430 milhões por ano. E há grande expectativa quanto à visita da presidente Dilma Rousseff ao Japão. Espera- se o anúncio da abertura do mercado japonês para o produto, cujo potencial estimado pelo Ministério da Agricultura é de US$ 502 milhões por ano em exportações.

África do Sul e Coreia do Sul deverão importar US$ 112 milhões de carne suína brasileira por ano. Já países da América Central, com destaque para República Dominicana e Costa Rica, estão interessados na compra de material genético de aves.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »