23/07/2014 às 15h46min - Atualizada em 23/07/2014 às 15h46min

8ª edição da Agrotecno Leite é lançada na Universidade de Passo Fundo

Universidade de Passo Fundo (UPF)

A feira pensada para difundir as inovações técnicas, produtos e serviços voltados para a cadeia produtiva do leite já tem data para a sua oitava edição. De 23 a 25 de setembro, o Centro de Eventos e os campos de pesquisa da Universidade de Passo Fundo (UPF) recebem novamente milhares de produtores, técnicos, estudantes, empresários e representantes da área, para a Agrotecno Leite 2014.

A programação, apresentada ontem (17), na Sala dos Conselhos da UPF, tem a intenção de oferecer conhecimento e ferramentas que contribuam com a melhoria da produtividade e qualidade do produto, que a cada ano assume papel de destaque na cadeia do agronegócio, sendo uma atividade em crescente expansão impulsionada pela demanda no consumo de leite e derivados. Autoridades, convidados e representantes da imprensa prestigiaram o lançamento.

A comissão organizadora prevê que esta seja a maior e melhor Agrotecno Leite já realizada. Mais de 100 caravanas de diversos municípios do Estado já estão confirmadas para conhecer o campo demonstrativo, exposição de máquinas e equipamentos, mostra de produtos e serviços, Mostra da Agricultura Familiar, projeto Beba Leite, exposição, mostra e julgamento de animais, dinâmica de máquinas e palestras.

O reitor da UPF, uma das instituições promotoras, José Carlos Carlos Carles de Souza, referiu a importância e o significado da feira para a região. “O projeto é coletivo, por isso vem dando certo. A cada edição temos o envolvimento de mais pessoas e instituições e estamos identificando sempre os novos desafios”, afirmou. Uma das questões que segundo o reitor não pode ficar de fora da pauta da Agrotecno Leite 2014 é a Escola do Leite, anunciada na edição passada. Além disso, o professor José Carlos reiterou que há condições de realizar tudo o que foi programado para este ano com sucesso, e agradeceu a todos os envolvidos na programação.

O presidente da Agrotecno Leite, Ari Rosso, fez uma retrospectiva do evento, destacando os projetos Beba Leite e julgamento de animais, implementados em 2011, o espaço para as agroindústrias, que segundo ele deve ser ainda maior neste ano, e os debates em todas as edições. Rosso enfatizou que além de promover negócios, a oitava edição trará o debate prioritário sobre a importância da qualidade do leite, seus cuidados e normativas.
A Agenda Positiva do Leite, que integra a programação, deseja fomentar a atividade e o consumo do leite.

Além da UPF e do Sicredi, promovem a feira a Cotrijal, Emater, Embrapa, Instituto de Desenvolvimento de Passo Fundo, Juntos para Competir, Farsul, Senar, Sebrae, Prefeitura de Passo Fundo e RBSTV. Representando essas instituições, o vice-presidente da Cotrijal Enio Schroeder ressaltou que a Agrotecno Leite está consolidada. “Realizar novamente o evento nos enche de orgulho. A oitava edição certamente será a maior e a melhor”, sintetizou.

Conforme o vice-prefeito de Passo Fundo Juliano Roso, o Executivo Municipal tem empenhado esforços concretos para a realização da feira por considerá-la estratégica para a região. Ele desejou que esta edição oportunize um espaço de difusão de ciência e tecnologia. Já o presidente da Câmara de Vereadores em exercício Márcio Patussi colocou o Legislativo à disposição das instituições promotoras. “Estamos de portas abertas para ouvir a proposição de ações que possam melhorar cada vez mais o segmento”, declarou Patussi.

O deputado estadual Diógenes Basegio também prestigiou o evento e salientou que o setor leiteiro é um grande gerador de empregos, renda e recursos. Entre os desafios apontados pelo parlamentar está a profissionalização cada vez maior da produção, o que, conforme ele, passa também pelos investimentos públicos.

O coordenador técnico, professor Carlos Bondan, apresentou a programação da Agrotecno Leite 2014. Também participaram do lançamento do evento os vice-reitores de Graduação Rosani Sgari, de Pesquisa e Pós-Graduação Leonardo José Gil Barcellos e Administrativo Agenor Dias de Meira Júnior, o diretor da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária Hélio Rocha, demais professores e funcionários da UPF, o chefe da unidade Passo Fundo do Ministério da Agricultura Francisco Guerra, o gerente regional da Emater Milton Rossetto, entre outros representantes de entidades.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »