10/05/2014 às 11h58min - Atualizada em 10/05/2014 às 11h58min

Boas-vindas à Viva Lácteos

O novo presidente da Subleite – Subcomissão Permanente do Leite da Câmara, o deputado federal Junji Abe (PSD-SP) participou do lançamento da Viva Lácteos. Trata-se da primeira Associação Brasileira da Indústria de Laticínios, que reúne 29 grandes fabricantes de produtos lácteos, incluindo líderes de mercado. 

“A união e organização são fundamentais para azeitar as engrenagens da cadeia produtiva, porque integram os atores, possibilitam melhoria contínua da atividade e ampliam o respaldo às ações parlamentares desenvolvidas em defesa de políticas públicas adequadas ao setor”, avaliou.

Acompanhado pelos deputados que integram a Subleite, Alceu Moreira (PMDB-RS), relator, e Celso Maldaner (PMDB-SC), Junji cumprimentou os idealizadores da iniciativa. Na avaliação de Junji, a nova associação “surge com as metas de unir o setor e desenvolver políticas que permitam aumento da competitividade, maiores ganhos de produtividade e incremento das exportações, além do estímulo ao consumo de leite e derivados”. As empresas integrantes da Viva Lácteos representam cerca de 70% da produção de leite e derivados do país, incluindo iogurtes, queijos e requeijões.

O mercado de lácteos deve movimentar mais de R$ 100 bilhões em 2014. Atualmente, o Brasil é o quarto maior produtor de leite do mundo, empregando cerca de 4 milhões de pessoas, a maioria no campo (o setor lácteo é o segundo em geração de empregos no País, ficando atrás apenas da construção civil).

Com a prioridade de estimular o consumo de leite, a Viva Lácteos pretende explorar o potencial de crescimento do mercado nacional. Segundo César Helou, conselheiro da entidade e presidente do Laticínios Bela Vista, dona da marca Piracanjuba, em 2013, o consumo do alimento no País era de 173 litros por ano, enquanto a OMS – Organização Mundial de Saúde recomenda a ingestão de dois copos de leite por dia, o que equivale a cerca de 240 litros por ano. 

Embora o consumo de leite no Brasil tenha aumentado mais de 30% nos últimos 10 anos, a Viva Lácteos aposta em resultados ainda mais expressivos. “O ponto essencial é melhorar a qualidade do produto”, observou Junji, apoiando ações definidas pela entidade, como o gerenciamento da fazenda na cadeia produtiva, com o apoio do Ministério da Agricultura, e dos sistemas Senar – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural e Sebrae – Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa.

O lançamento da Associação Brasileira da Indústria de Laticínios Viva Lácteos, presidida por Marcelo Martins, contou com a participação do ministro da Agricultura, Neri Geller, congressistas e empresários do ramo de laticínios, como os presidentes da francesa Danone no Brasil, Dario Marchetti; da Itambé, Alexandre Almeida; da Italac, Cláudio Teixeira; da Vigor, Gilberto Xandó; e da BRF, Abilio Diniz; entre outros.
Mais informações:

Mel Tominaga
Jornalista – MTB 21.286
Tels: (11) 99266-7924 e (11) 4721-2001
E-mail: mel.tominaga@junjiabe.com


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »