09/02/2014 às 14h42min - Atualizada em 09/02/2014 às 14h42min

Após recordes, preço do leite em MT se mantém estável para produtor

A forte demanda por produtos laticínios em 2013 trouxe números até então desconhecidos ao bovinocultor de leite de Mato Grosso. Segundo boletim do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), desde março o preço do leite pago ao produtor registrou altas consecutivas, alcançando o máximo de R$ 0,85 por litro de leite em setembro do ano passado.

Desde então, apesar do período das águas, o preço do leite se manteve acima dos índices praticados em 2013. O último levantamento do ano, de dezembro, mostra que o preço do produto teve aumento de 25% em comparação com o mesmo período do ano passado.

A alta ainda foi passada aos derivados, com registros de aumento de 10% (ao ano) na muçarela. Avanço maior ainda pode ser encontrado no leite UHT que sofreu valorização de 20% de janeiro de 2013 a dezembro do mesmo ano, chegando a R$ 1,63 o litro no ultimo mês.

O analista do Imea, Fábio da Silva, enaltece os números e relembra os momentos não tão bons pelo qual passou o produtor de leite. “De maio até setembro registraram recorde atrás de recorde. Isso é positivo porque o produtor de leite também vinha há tempos sofrendo com a remuneração bem baixa. A gente começou o ano com uma cotação de R$ 0,65 por litro”.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »