22/06/2013 às 12h21min - Atualizada em 22/06/2013 às 12h21min

RJ: programas de agricultura incentivam produção leiteira em Duas Barras

Governo do Rio de Janeiro

Os programas Rio Leite e Rio Genética,da secretaria estadual de Agricultura, estão fazendo a diferença para o aumento da produção de leite em Duas Barras, Região Serrana. 

Em reunião com o secretário estadual de Agricultura Christino Áureo, na última semana, o secretário de Agricultura do Município, Roberto de Mello Araújo, afirmou que as políticas públicas do governo do estado para o fortalecimento da atividade leiteira estão no caminho certo ao incentivar o pequeno produtor para a melhoria do seu rebanho.

- Com o financiamento do Rio Genética agora todos conseguem comprar animais de qualidade. Sem esse apoio isso não seria possível, acrescentou ele.

Presente também na ocasião, o presidente da Cooperativa Agropecuária de Duas Barras, Luiz Gonzaga Pagnuzzi Araújo destacou a legislação do Rio Leite, que permitiu a utilização por cooperativas agropecuárias e laticínios de créditos retidos de ICMS para investimento na produção, como outra medida em benefício do setor.

- Estamos conseguindo recuperar nossa cooperativa graças à liberação destes recursos, que alcançam a casa de R$ 2 milhões. Investimos no laticínio com a aquisição de novos equipamentos e vamos promover o melhoramento genético dos animais de nossos cooperados, aumentando a produção. A cooperativa disponibiliza quatro veterinários e um zootecnista para orientar aos produtores sobre as melhores técnicas de manejo - disse Pagnuzzi.

A cooperativa de Duas Barras é uma das 43 já contempladas, em todo o estado, com o repasse dos créditos de ICMS autorizados pela Lei Estadual 5.703, de 26 de abril de 2010 e que totalizam R$ 60 milhões.

Atualmente a produção de leite no município é da ordem de 15 mil litros ao dia e a expectativa é de aumento.

Uma parceria com a Pesagro-RJ, empresa de pesquisa vinculada à secretaria estadual de Agricultura, também trará benefícios para crescimento da produção. A implantação de unidade demonstrativa de plantio de cana forrageira vai incrementar a alimentação do rebanho.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »