26/01/2013 às 14h44min - Atualizada em 26/01/2013 às 14h44min

Produtores de leite mostram benefícios de projeto coletivo

Governo do Rio de Janeiro

Produtores de leite da microbacia Rio Preto, em Campos dos Goytacazes, conheceram esta semana um empreendimento comunitário de sucesso. Há quase dois anos, os agricultores da microbacia do Papamel, em Cardoso Moreira, dividem um tanque de resfriamento de leite, instalado com incentivos financeiros do Rio Rural, da secretaria estadual de Agricultura, que vem desencadeando mudanças profundas em toda a comunidade. 

As atividades do programa no local e a participação ativa dos moradores impulsionam melhorias nas estradas, nos pastos e na genética do rebanho bovino. 

O grupo de Campos está vivendo um período preparatório, que antecede a instalação de um tanque de resfriamento de leite, semelhante ao instalado em Cardoso Moreira. A agricultora Leila Barreto, 44 anos, disse que está muito animada com o projeto. 

- Gostei muito de ver o que essas pessoas estão fazendo, como estão lidando com o tanque na prática. Foi ótimo porque pudemos perguntar as coisas a eles e tirar as dúvidas - disse. 

Veterinário da Emater-Rio, Hugo Louvain presta assistência aos agricultores e avalia como positiva a troca de experiências. 

- É muito importante eles verem gente como eles, realizando coisas que querem realizar. É bom eles verem que é possível. Aqui os agricultores administram esse tanque há quase dois anos. O tanque promoveu uma melhora na auto estima de toda a comunidade - avaliou. 

Atualmente, o equipamento recebe leite do rebanho de 19 produtores do Papamel, num total diário de 800 litros. 

- Depois do tanque, conseguimos preços melhores no leite, e agora estamos nos organizando para vender para a merenda escolar, que paga bem melhor do que as cooperativas e laticínios - disse o presidente da Associação de Produtores Rurais do Papamel, Ocimar Benvindo. 

O técnico agrícola da Emater-Rio e executor do Rio Rural, Jarbas Pereira Filho, atualmente trabalha na microbacia Rio Preto, em Campos, mas relembra que, quando atuava na cidade vizinha, ajudou o grupo do Papamel a implantar o tanque de resfriamento de leite. 

- Foi bom rever esse grupo e mostrar para os agricultores de Rio Preto o que é possível fazer, com organização e trabalho. As excursões técnicas são uma ótima maneira de ensinar, de mudar opiniões - finalizou.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »