26/07/2012 às 12h44min - Atualizada em 26/07/2012 às 12h44min

Projeto qualifica a produção de leite no Planalto gaúcho, destaca Sebrae

Agência Sebrae de Notícias

O Sebrae no Rio Grande do Sul está qualificando a produção leiteira na Região Planalto do estado por meio do projeto Desenvolver o Setor Lácteo, realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizado Rural (Senar). Até o final de 2015, inúmeras ações serão desenvolvidas para a melhoria dos processos nas propriedades rurais participantes. A iniciativa faz parte do programa Juntos para Competir, que tem o apoio do Sebrae, Federação de Agricultura do estado (Farsul) e Senar. 

O projeto atende cerca de 190 propriedades rurais de nove cidades da Região Planalto: Marau, Água Santa, Santa Cecília, Caseiros, Ciríaco, Ibiaçá, Tapejara, Nicolau Vergueiro e Nova Alvorada. Das atividades propostas, estão em andamento os Diagnósticos das Propriedades Rurais e os cursos De Olho na Qualidade, Gestão Financeira na Propriedade Rural e Boas Práticas em Produção Leiteira. 

"A ação tem o objetivo de obter melhorias significativas na gestão e no processo produtivo. Como consequência, as famílias do meio rural melhoram a renda e a qualidade de vida", destaca Vitor Augusto Koch, presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae no Rio Grande do Sul. 

As capacitações desenvolvidas junto aos empreendedores têm foco em mercado, comercialização, meio ambiente e higiene. Há também treinamentos técnicos em processo, com ciclo de três anos, que qualificam processos e produtos das propriedades rurais participantes. "Através das ações do projeto buscamos mostrar aos empreendedores as possibilidades de crescimento e desenvolvimento no campo, com foco no processo sucessório da propriedade", completa Eduardo Fattore, técnico da Regional Planalto do Sebrae no estado. 

O produtor Carlos Alberto Possebom, que integra o projeto, já percebe os frutos da participação e projeta mais conhecimento e melhorias na produção. "Os cursos nos capacitam e qualificam nossa produção. Através do conhecimento obtido, organizamos as propriedades e passamos a produzir mais. O caminho é esse".


 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »