01/06/2012 às 10h47min - Atualizada em 01/06/2012 às 10h47min

Dia Mundial do Leite é destacado pela CNA

CNA

Dia Mundial do Leite. A data foi criada pela ONU para incentivar o consumo de leite e seus derivados. Segundo a FAO, o Brasil é o quinto maior produtor de leite do mundo, com uma produção de 31,7 bilhões de litros em 2010. O leite é parte importante de uma dieta saudável e balanceada. A Organização Mundial de Saúde recomenda consumir 2 a 3 porções de lácteos por dia.

Os cuidados para garantir leite de qualidade aos consumidores começam bem antes, ainda nas propriedades rurais. Os produtores precisam estar bem informados e adequados aos padrões de qualidade. É aí que entra o trabalho que vem sendo desenvolvido pela Comissão da Pecuária de Leite da CNA para aumentar a produção e melhorar a qualidade e o mercado. “Há anos trabalhamos para que o produtor tenha condições competitivas no mercado interno e internacional”, diz Rodrigo Alvim, Presidente da Comissão da Pecuária de Leite da CNA.

Em 2009, quando o Brasil importava muito leite da Argentina, a CNA conseguiu firmar um acordo com o Centro da Indústria Leiteira da Argentina limitando a cota de importação para o leite em pó. “Nós criamos um fluxo que não teria tanto impacto no mercado brasileiro, nem prejudicaria a Argentina. Foi um grande ganho para o produtor. E agora, para defender o produtor de leite, estamos tentando minimizar os impactos da entrada do leite do Uruguai no nosso mercado”, conta Bruno Luchi, assessor técnico da CNA.

Geração de Emprego e Renda 
A pecuária de leite tem grande importância como atividade social e econômica no Brasil. Em 2011, ocupou o quinto lugar no Valor Bruto de Produção (VBP) da agropecuária, com R$ 23,1 bilhões, segundo estimativa da CNA. O setor emprega cerca de cinco milhões de pessoas, considerando, em média, três pessoas trabalhando na produção de leite e os produtores, que segundo o Censo Agropecuário de 2006, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) somam 1,35 milhões. 

Antidumping 
Em relação à balança comercial, o ano de 2001, quando foram aplicadas as medidas antidumping, revelou-se um divisor de águas no que se refere à participação do Brasil no mercado internacional de produtos lácteos. Os empresários, estimulados pelas ações de defesa comercial, buscaram o mercado externo de forma profissional. Em 2004, o setor lácteo brasileiro conseguiu seu primeiro superávit na balança comercial, fato que se repetiu por cinco anos consecutivos, atingindo o recorde em 2008, quando o país atingiu a cifra US$ 542 milhões em exportações de produtos lácteos. 

A Comissão da CNA 
Para conhecer ainda mais a Comissão da Pecuária de Leite da CNA, acesse: 
http://www.canaldoprodutor.com.br/comissoes/pecu%C3%A1ria-de-leite


 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »