16/05/2012 às 10h34min - Atualizada em 16/05/2012 às 10h34min

Superagro 2012 ensinará ao público receitas típicas com produtos da agricultura familiar

Superagro 2012

A Superagro 2012 terá uma cozinha experimental do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), onde serão realizadas diversas oficinas, com o preparo de pratos onde os principais ingredientes serão os produtos da agricultura familiar. A iniciativa valoriza um setor que responde por cerca de 70% da composição da cesta básica de alimentos dos brasileiros, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em Minas, há cerca de 1,2 milhão de agricultores familiares.

Na cozinha experimental serão apresentadas novas receitas para produtos típicos da culinária de Minas, porém pouco conhecidos de grande parte da população. O cardápio trará receitas com frutas cultivadas no cerrado mineiro como o pequi, cagaita, buriti, cajá-manga e melão croá, originário da Amazônia e também conhecido como melão caboclo ou cheiroso, também cultivado no cerrado de Minas. Os pratos especiais terão também hortaliças como cansanção, sálvia e azedinha, além das tradicionais cenoura e beterraba orgânicas. E ainda, pratos preparados com mel, rapadura, açúcar mascavo, queijo minas curado, pimenta rosa e ora-pro-nóbis, dentre outros.

Grupos de trabalho de alunos do Senac-MG selecionaram e testaram as receitas que serão tema de nove oficinas oferecidas. Outras duas serão realizadas pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), utilizando o queijo minas artesanal como matéria-prima. As onze oficinas serão gratuitas, com 35 vagas cada, sendo cinco destinadas exclusivamente aos produtores. As inscrições serão feitas no Expominas, durante a Superagro. A programação completa das oficinas pode ser conferida no site www.superagro2012.com.br

Resgate da cultura 
A Coordenadora de Apoio às Organizações Rurais da Superintendência de Agricultura Familiar da Secretaria de Agricultura de Minas (Seapa), Gisele Renault, explica que a cozinha experimental tem o objetivo de resgatar a cultura e a tradição da culinária de Minas e, ao mesmo tempo, dar maior visibilidade à produção familiar. “Pretendemos integrar a tradição dos agricultores à criatividade dos futuros chefes de cozinha, de forma que possam, por meio do conhecimento, expandir a cultura mineira, valorizando antigos costumes alimentares e criando novas possibilidades de receitas e combinação de sabores. A utilização de produtos simples em pratos mais elaborados enriquece o aprendizado e contribui para a qualificação profissional dos alunos. Frutos do cerrado, por exemplo, podem ter sua polpa extraída e aproveitada de várias maneiras”, explica Renault. Ainda de acordo com a coordenadora, a iniciativa dará ao público que visitar a Superagro a oportunidade de conhecer mais sobre os produtos da agricultura familiar, como e onde são produzidos e, principalmente, aprender a utilizá-los em receitas saudáveis no dia-a-dia. Gisele Renault vê nesta experiência “a possibilidade de agregar valor à produção familiar, divulgando os produtos para o grande público, que poderá incluí-los cotidianamente nas refeições”. 

A Superagro Minas 2012 será realizada de 3 a 10 de junho, no complexo Parque de Exposições da Gameleira /Expominas, em Belo Horizonte. A realização é do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg) e Sebrae-MG.


 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »