17/01/2012 às 07h46min - Atualizada em 17/01/2012 às 07h46min

Noroeste do Estado pode ter redução de 10% na produção de leite

Governo do Rio de Janeiro

A produção leiteira no Noroeste fluminense pode ter uma queda de 10%, em virtude das enchentes na região. A informação é do secretário estadual de Agricultura, Christino Áureo, que estima uma diminuição inicial de 50 mil litros de leite diários na produção atual de 500 mil litros. 

Os municípios mais prejudicados: Laje do Muriaé, Santo Antônio de Pádua, Itaperuna e Cardoso Moreira integram uma das mais importantes bacias leiteiras do estado do Rio de Janeiro. 

— Como a população foi avisada, retirou os animais das regiões ribeirinhas. Não tivemos perdas, mas em consequência da movimentação do rebanho e de sua retirada das pastagens projetamos a queda na produção — explicou o secretário. 

De acordo com Christino Áureo, o tomate e o pimentão estão entre os principais produtos agrícolas da região. Como essas lavouras estão plantadas em áreas mais elevadas até agora não sofreram com as inundações. 

Ele informou também que máquinas retroescavadeiras do Programa Estadas da Produção já foram deslocadas para apoiar a comunidade do bairro de Três Vendas, em Campos dos Goytacazes, atingido pelo rompimento de um dique. 

Atualmente, a secretaria está com 21 equipes, máquinas e equipamentos do programa atuando em diferentes frentes, sendo 12 na Região Serrana e nove no Noroeste. 

– Vamos aguardar a água abaixar nas áreas inundadas para iniciar as ações de recuperação das estradas vicinais por onde escoa a produção rural. Na Região Serrana, as patrulhas têm atuado na remoção de barreiras que deslizaram sobre estas vias. Até o momento não foram registradas grandes obstruções que impeçam a trafegabilidade dos produtores rurais – acrescentou. 

Na Região Serrana, nem o escoamento da produção agrícola nem as lavouras foram afetadas, segundo o secretário. Desde o ano passado, o estado recuperou mais de 915 quilômetros de estradas vicinais que tinham sido prejudicadas pelas chuvas nos municípios atingidos.


 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »