28/12/2011 às 16h55min - Atualizada em 28/12/2011 às 16h55min

EUA: valor das exportações de lácteos aumentou 29% até outubro

As exportações totais de lácteos no período de janeiro a outubro foram de US$ 3,96 bilhões, 29% a mais que no ano anterior, de acordo com dados comerciais divulgados pelo Serviço Agrícola Estrangeiro do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). As exportações no mês de outubro foram de US$ 410,4 milhões, 19% a mais que no ano anterior.

Os exportadores norte-americanos venderam 381.179 toneladas de leite em pó desnatado nos primeiros dez meses do ano, 5% a mais que no mesmo período do ano anterior. As exportações de leite em pó integral foram de 16.500 toneladas, 64% a menos que no ano anterior. As vendas de leite em pó desnatado foram de 364.679 toneladas, 15% a mais que no ano anterior. O volume de outubro foi 30% menor que o alto nível incomum do ano anterior e 14% menor do que em setembro (mês de 30 dias). As exportações ficaram entre 33.000 e 40.000 toneladas todo mês no último ano. No período de agosto a outubro, as vendas ao México caíram em 5% com relação ao ano anterior. Os envios ao Sudeste da Ásia caíram em 2%, enquanto as exportações ao Oriente Médio/África do Norte caíram em 59% com relação ao ano anterior.

As exportações totais de soro de leite nos primeiros dez meses do ano foram de 368.365 toneladas, 1% a menos que as vendas no mesmo período de 2010. As exportações de soro de leite desidratado foram de 204.316 toneladas nos primeiros dez meses do ano, 2% a menos que no ano anterior. As exportações de isolado de proteína do soro de leite foram de 14.924 toneladas, 8% a mais que no ano anterior. Ao mesmo tempo, as exportações de concentrado de proteína do soro de leite foram de 149.125 toneladas, 1% a menos que no ano anterior. As exportações em outubro estiveram de acordo com a média mensal estabelecida nos últimos dois anos. A China continuou sendo um importante cliente e no período de agosto a outubro, as vendas de soro de leite dos Estados Unidos a esse mercado aumentaram em 17%. Além disso, os envios ao Sudeste da Ásia aumentaram em 5%, enquanto as exportações ao México caíram em 3%.

As exportações de queijos nos primeiros dez meses do ano foram de 183.865 toneladas, 31% a mais que no mesmo período de 2010. As exportações de queijos dos Estados Unidos se firmaram na segunda metade do ano em volumes 19% menores com relação à média mensal da primeira metade do ano. No período de agosto a outubro, os envios ao México caíram em 9% com relação ao ano anterior. Entretanto, foram registrados ganhos nas exportações à Coreia do Sul (+13%), Japão (+38%) e Austrália (+48%).

Nos primeiros dez meses do ano, as exportações dos Estados Unidos foram equivalentes a 50% da produção de leite em pó desnatado, 53% de proteínas do soro de leite e 4,6% de queijos. As informações são do Conselho de Exportação de Lácteos dos EUA (U.S. Dairy Export Council - USDEC).


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »