01/09/2011 às 13h04min - Atualizada em 01/09/2011 às 13h04min

Soro do leite pode se transformar em etanol

Google News

O soro de leite pode se transformar em etanol, de acordo com um estudo que está adiantado na Universidade Norte do Paraná, em Londrina. Os pesquisadores trabalham na avaliação do teor de álcool que o soro produz e esperam ativar um projeto piloto com o produto no ano que vem.

A pesquisa partiu de um princípio simples: leite tem açúcar em sua composição, a lactose. O passo seguinte foi adaptar em laboratório o mesmo processo de transformação da cana em álcool. No caso do soro, são introduzidas bactérias com habilidade para fermentar o produto.

Os pesquisadores ainda estudam qual o melhor período de descanso na fase de fermentação e sob qual temperatura, para se extrair mais rápido o etanol do soro de leite. O laboratório da Unopar, em Londrina, tem uma mini destilaria, que reproduz uma grande usina. Porém, nesse caso, a matéria prima que entra é soro de leite fermentado. Por aquecimento, o produto libera vapor. Quando resfria, adquire o estado líquido, ou seja, álcool puro.

Tomando como base a produção de queijos, se estima que o Brasil produza cerca de cinco bilhões de litros de soro de leite por ano. Apenas uma pequena parte é usada na alimentação animal. O maior volume do produto é descartado no meio ambiente, poluindo principalmente os rios. Por isso, a transformação do soro em etanol é uma proposta ecológica e uma alternativa a mais para o setor de biocombustíveis.

São necessários 10 litros de leite para se produzir um quilo de queijo. Nessa situação, nove litros de soro são jogados fora, quando podem ter seu valor agregado em forma de derivados, como o etanol. A pesquisa ainda avalia o teor de álcool liberado. Por enquanto, é preciso um litro de soro para se extrair 30 ml do produto. Porém, o coordenador da pesquisa, Hélio Suguimoto, diz que, em escala industrial, o custo de redução do teor de açúcar no soro do leite deve ficar mais baixo do que o processo realizado com a cana.

- Na verdade, a questão do rendimento do soro de leite para converter em etanol ainda é baixo. Mas, por outro lado, a porcentagem de açúcar comparativamente à cana de açúcar, é muito menor, a metade, praticamente, da concentração de açúcar. Então, obviamente que a gente tem que levar em conta, para a viabilidade econômica, essas questões, concentração de açúcar, tanto na cana quanto no soro de leite - disse Suguimoto.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »