05/08/2008 às 14h46min - Atualizada em 05/08/2008 às 14h46min

Leites enriquecidos

Embora o leite seja uma fonte excelente de proteínas e cálcio, um alimento indiscutivelmente nutritivo, novas tecnologias possibilitam que com a adição de substâncias enriquecedoras (vitaminas e minerais), o leite possa atender a necessidade dos diferentes tipos de consumidores, sem alterar o seu sabor ou sua qualidade.

O leite enriquecido, também chamado de fortificado, é um importante aliado da alimentação saudável e completa, ideal também para aqueles que possuem deficiência de algum mineral ou vitamina. A ingestão destes nutrientes através do leite contribui para o restabelecimento destes nutrientes no organismo.

Leite enriquecido com Cálcio

Este leite fornece uma quantidade maior de cálcio em um volume menor de leite. O cálcio é um mineral essencial para a formação e manutenção de ossos e dentes, mas essas não são as únicas partes do corpo que precisam dele. O coração para bater, os músculos para contraírem e relaxarem, o sangue para coagular e os nervos para transmitirem mensagens, também necessitam dele. O corpo não pode fabricar seu próprio cálcio, daí a necessidade de ingerir uma quantidade diária adequada deste mineral, em todas as etapas da vida.

Ingestão Diária Recomendada (IDR) de Cálcio:

Lactente (1 ? 3 anos) 800 mg 
Crianças (4 ? 6 anos) 800 mg 
Crianças (7 ? 10 anos) 800 mg 
Adultos 800 mg 
Gestantes 1200 mg 
Lactantes 1200 mg 

O leite e os produtos lácteos são os alimentos mais ricos em cálcio na dieta humana. Um copo de leite (240 ml) contém cerca de 295 mg de cálcio, enquanto o mesmo copo (240 ml) de suco de laranja contém apenas 28 mg do mineral. Além de estar presente em grande quantidade no leite e seus derivados, o cálcio destes alimentos possui alta biodisponibilidade, ou seja, é mais facilmente absorvido pelo organismo. Cerca de três copos de leite por dia suprem toda a necessidade diária de cálcio de um adulto. 

Para obter o máximo dos alimentos ricos em cálcio é necessária a ingestão de vitamina D. Ela ajuda o organismo a absorver o cálcio dos alimentos, depositá-lo nos ossos e dentes e é encontrada, por exemplo, no leite integral, ovos, manteiga, peixes gordurosos.

Leite enriquecido com Ferro

O ferro é um nutriente essencial para o organismo humano. Participa do processo de respiração, sendo utilizado na formação dos glóbulos vermelhos do sangue, que transportam o oxigênio para as células do corpo. O ferro tem importante papel na manutenção do sistema imunológico (defesas do organismo), na composição da pele, entre outros.

O leite praticamente não contém ferro, mas ele pode ser enriquecido com esse mineral, sendo uma boa opção para pessoas que não conseguem ingerir, em quantidade suficiente, alimentos que são fonte de ferro.

Em geral, os leites enriquecidos com ferro contém quantidade variável de 0,8 a 3 mg por 100 ml, conforme o fabricante. Essas quantidades podem suprir boa parte da necessidade diária recomendada pelo Ministério da Saúde.

Ingestão Diária Recomendada (IDR) de Ferro:

Lactente (1 ? 3 anos) 10 mg 
Crianças (4 ? 6 anos) 10 mg 
Crianças (7 ? 10 anos) 10 mg 
Adultos 14 mg 
Gestantes 30 mg 
Lactantes 15 mg 

As melhores fontes de ferro na alimentação são o fígado de qualquer animal, seguida das carnes, das aves e dos peixes e este ferro é mais bem aproveitado pelo organismo.

O ferro também é encontrado nos vegetais verde-escuros (espinafre, couve, etc) e leguminosas (feijão, lentilha, ervilha) mas não é bem absorvido pelo organismo, sendo necessária a ingestão simultânea de alimentos ricos em vitamina C (laranja, limão, kiwi, etc).

A anemia é uma doença do sangue caracterizada pela diminuição dos glóbulos vermelhos.

As três causas básicas da anemia ferropriva (por falta de ferro) são:

- perdas crônicas de sangue, tais como úlcera péptica que sangra, hemorróidas, parasitas ou câncer;

- absorção ou ingestão deficiente de ferro, resultado de dieta pobre desse mineral ou de distúrbios gastrointestinais crônicos, tais como diarréia ou doença intestinal;

- maior requisito de ferro devido ao volume de sangue aumentado, como se observa na infância, adolescência e gravidez.

Na dieta é necessária uma quantidade suficiente de ferro para prevenir o desenvolvimento de anemia ferropriva. Os grupos considerados como de risco dessa anemia são crianças abaixo de três anos de idade, meninas adolescentes, mulheres grávidas e idosos, sendo que eles podem encontrar no leite enriquecido com ferro uma ótima alternativa para aumentar o consumo deste mineral.

Leite enriquecidos com vitaminas

Os leites vitaminados hoje existentes no mercado são enriquecidos com diferentes vitaminas e concentrações, dependendo do fabricante.

Entre as vitaminas mais freqüentemente utilizadas para o enriquecimento do leite podemos destacar: vitamina A, B6, B12, C, D e E além de elementos como o ácido fólico e a nicotinamida.

É importante que o consumidor verifique na embalagem as quantidades de vitaminas fornecidas e quanto da ingestão diária recomendada pode ser suprida com o produto.

As vitaminas são necessárias em doses bem pequenas, mas se faltarem por longo período prejudicam o crescimento e o funcionamento do organismo.

As vitaminas são encontradas em maiores concentrações nas verduras, nos legumes e nas frutas. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »