27/10/2010 às 10h17min - Atualizada em 27/10/2010 às 10h17min

Búfalos participam pela primeira vez da Feileite

A Associação Brasileira de Criadores de Búfalos (ABCB) está preparando a primeira apresentação de búfalos na Feileite – Feira Internacional da Cadeia Produtiva do Leite, evento que será realizado de 9 a 13 de novembro, no Centro de Exposições Imigrantes, na capital paulista.

Por ser um evento de grande visibilidade para a cadeia de lácteos, a Feileite representa uma oportunidade para a ABCB divulgar as qualidades e a demanda por leite de búfala, de forma a aumentar o número de criadores na espécie. “Queremos mostrar que os produtos de búfalos têm mercado garantido e que o leite dessa espécie é viável”, afirma Cláudio Varella Bruna, diretor administrativo e financeiro da Associação.

Além do estande, onde serão expostos produtos lácteos de leite de búfala, foram reservadas 44 argolas no pavilhão para os animais. Varella acredita que participarão da feira as raças Murrah e Mediterrâneo e, talvez, o búfalo brasileiro, um amochado resultado da mistura dessas raças.

A associação também pretende realizar uma palestra sobre o potencial dos búfalos para a produção de leite. “Estamos bastante animados, pois boa parte do leite de búfala é destinada à produção de mozzarella e, como a produção é pequena, atualmente é difícil atender à demanda por falta de matéria-prima. Precisamos de mais gente produzindo leite”, justifica Varella.

Varella lembra que, atualmente, muitas pizzarias têm no seu cardápio alguma receita com muzarella de leite de búfala. “Queremos mostrar a importância do selo da ABCB, uma garantia de que a mozzarella é pura de leite de búfala.”

Sobre o búfalo

A ABCB reconhece quatro espécies de búfalos no Brasil: Mediterrâneo (de origem italiana, de dupla aptidão, para produção de carne e de leite); Murrah (de origem indiana), Jafarabadi (búfalo-do-rio, de origem indiana) e Carabao (búfalo-do-pântano, originário do norte das Filipinas, possui aptidão para carne e leite, além de ser utilizado como animal de tração. No Brasil, a criação dessa espécie concentra-se na Ilha de Marajó).

Por suas características peculiares, o leite de búfala é ideal para a elaboração de diversos tipos de queijos, em especial, a mozzarella, originária da Itália, no século XVI, ocasião em que era produzida exclusivamente com leite de búfalas. Além da mozzarella, os laticínios fabricam vários derivados deste leite, que apresenta baixos teores de colesterol e elevados teores de vitaminas e proteínas.

A ABCB reúne cerca de 100 associados de todo o território nacional. Seu principal objetivo é incentivar a bubalinocultura brasileira. Atualmente, o rebanho bubalino do Brasil conta com cerca de 3 milhões de animais, o que significa 2% do rebanho bovino, estimado em 150 milhões de cabeças. Atualmente, 30% das criações dedicam-se à produção de leite. Nos últimos anos, o rebanho leiteiro tem crescido a uma taxa de 45%.



Serviço
ABCB, tel. (11) 3673-4455.


Informações Feileite
Agrocentro
www.feileite.com.br
feileite@agrocentro.com.br
Tel. (11) 5067-6770

Imprensa
Thais Negri Santi – thais@publique.com
Beth Pereira – beth@publique.com
Grupo Publique
Tel. (11) 3063-1899 
Alameda Itu, 1063, 2º andar - Cerqueira Cesar, São Paulo, SP - CEP 01421-001


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »