09/02/2017 às 11h14min - Atualizada em 09/02/2017 às 11h14min

Mercado do leite ao produtor firmou em janeiro/17. Veja as expectativas para os próximos meses

Os preços do leite ao produtor ficaram praticamente estáveis no pagamento de janeiro de 2017, referente a produção entregue em dezembro do ano passado.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, a média nacional ficou em R$1,102 por litro, sem o frete. Este valor está 14,0% acima da média do mesmo período do ano passado.

Figura 1.
Preço do leite ao produtor (média nacional ponderada) – em R$/litro, valores nominais.


Fonte: Scot Consultoria – www.scotconsultoria.com.br

A sustentação vem da queda na produção de leite nas principais bacias leiteiras do país e maior movimentação no mercado atacadista, com o final de férias escolares.

Os preços do leite subiram no mercado spot e os lácteos ficaram mais caros no atacado.

A recomposição de estoques de leite longa vida por parte do varejo continua e também colabora com este cenário.

Em dezembro/16, a produção média brasileira diminuiu 0,1% na comparação com novembro do mesmo ano.

Em janeiro/17, segundo dados parciais, é esperada uma queda de 0,6% no volume de leite produzido no país. Neste caso, além da região Sul, os volumes de leite foram menores também em Minas Gerais e São Paulo.

O Índice Scot Consultoria de Captação indica uma produção 1,1% menor, na comparação com igual período do ano passado (janeiro/17 versus janeiro/16). Este fato deverá dar sustentação aos preços do leite no mercado interno nos próximos meses.

No mercado spot, ou seja, o leite comercializado entre as indústrias, os preços do leite subiram em dezembro/16 e nas duas quinzenas de janeiro de 2017. Os reajustes médios neste período foram de 4,0% por quinzena.

No final de janeiro/17, os valores máximos chegaram a R$1,40 por litro em São Paulo e em Minas Gerais; R$1,36 por litro em Goiás e R$1,40 por litro no Sul do país.

Fonte: Scot Consultoria


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »