02/01/2017 às 11h47min - Atualizada em 02/01/2017 às 11h47min

Chuva beneficia produção de leite no Rio Grande do Sul

De acordo com relatório da Emater, no geral, as condições de produção de forragem para o rebanho leiteiro são ótimas; há boa oferta de alimentos e foi iniciado o pastoreio nas pastagens de milheto e capim sudão – que apresentam muito boa condição de oferta de forragem.

Em áreas de pastagens perenes de tifton e jiggs, as condições também são favoráveis. As poucas restrições de umidade e as horas de luz diárias elevadas favorecem o rápido crescimento e rebrote das forrageiras. O período é de elevada produção de leite, ocasionando redução em torno de 15 a 20% no preço pago pelo leite ao produtor; mesmo com bonificações de qualidade e quantidade.

Com o calor extremo verificado na semana, houve redução de produção em função do estresse térmico e alta umidade do ar, o que reduz o consumo de alimentos, pois para se protegerem do calor os animais ficam concentrados nos locais onde ainda há sombra. Nestes dias quentes, a estratégia no manejo dos animais é aproveitar ao máximo o pastejo noturno e no início da manhã.


Fonte: Emater/RS


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »