25/04/2016 às 14h49min - Atualizada em 25/04/2016 às 14h49min

Tecnologia de nutrição animal ajuda produtor a aumentar a produtividade

Localizada na Rodovia MT 260, KM10 a Fazenda Bonanza é referência em produtividade. Anderson Zanetti, diretor pecuário da operação, é o responsável por aumentar a produtividade a patamares cinco vezes maiores que a média nacional. Essa história de sucesso começou em 2001 quando, naquela época, a propriedade desenvolvia apenas a fase de cria de bovinos de corte e animais Nelore elite. Foi assim até o ano de 2008. Depois, o projeto dedicou-se a recria, engorda em confinamento e também semi-confinamento. No ciclo de 2011 o projeto amadureceu e a fazenda ganhou destaque no mercado nacional.

A parceria da Fazenda Bonanza com a Nutron, marca de nutrição animal da Cargill, desenvolveu soluções em nutrição animal que permitiu que a produção chegasse a 32 arrobas por hectare por ano, totalizando mais de nove mil animais enviados para o abate ao longo do ano. De acordo com especialistas, este número é cinco vezes maior que a média nacional de seis arrobas por hectare.

“Atualmente a tecnologia em nutrição animal é um dos pilares fundamentais para o sucesso do nosso negócio. A parceria com a Nutron é de grande relevância para atingirmos os objetivos do nosso projeto que é sempre buscar maior produtividade associada à rentabilidade e sustentabilidade”, afirma Zanetti.

“Oferecemos a Fazenda Bonanza o programa Probeef que busca maximizar a produtividade e lucratividade dos processos desde a cria até a engorda. O uso de tecnologia e conhecimento permite um diagnóstico preciso dos desafios produtivos de forma a adequarmos o programa nutricional e manejo buscando superá-los, garantindo assim maior produtividade”, explica Rômulo Batistela, Coordenador Técnico Comercial Bovinos de Corte da Cargill Nutrição Animal.

Atualmente cerca de 90% dos animais abatidos no Brasil são criados exclusivamente a pasto, muitas vezes com acesso a somente um suplemento mineral fosfatado. Porém, a evolução genética dos animais e o surgimento de novas tecnologias ao longo das décadas permitem ganhos superiores aos obtidos nos últimos anos. “Para alcançarmos todo esse potencial e maximizar a lucratividade do negócio, não basta seguir a mesma estratégia nutricional do passado, novas tecnologias existem e estão à disposição do produtor para potencializar o desempenho de seus animais”, explica o coordenador.

O objetivo da companhia é promover o aumento da produtividade com rentabilidade e sustentabilidade. “Nosso foco é ser a parceira escolhida pelo produtor. Avaliamos caso a caso para propor a solução ideal para o pecuarista”, finaliza Batistela.

Fonte: ASCOM Cargill


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »