16/04/2012 às 09h47min - Atualizada em 16/04/2012 às 09h47min

Agrobrasília 2012 impulsiona produção de leite no Distrito Federal

Agrobrasília c

A população do Distrito Federal consome anualmente mais de 160 milhões de litros de leite. Desse total, apenas 22% (36 milhões de litros) são produzidos no DF. O restante é importado de estados vizinhos. Órgãos especializados tentam diminuir essa dependência por meio de programas e medidas que visam aumentar a quantidade e a qualidade da produção local e viabilizar a sustentabilidade da atividade leiteira.

Engajada na questão, a Agrobrasília 2012 vai dar atenção especial para o assunto. Além de atrair novos expositores que levarão os melhores equipamentos e insumos para a atividade, uma área de 1.250 m² será destinada ao segmento leiteiro no Espaço de Valorização da Agricultura Familiar (Evaf). Nesta área, os produtores terão informações técnicas e demonstrações práticas de todos os estágios da cadeia produtiva: desde os métodos de higiene e alimentação, até a viabilidade econômica da produção, a gestão da propriedade e os processos de comercialização e industrialização do leite.

“Queremos aumentar a quantidade de leite produzido no DF e que ele acompanhe a qualidade que o mercado exige. Por isso expomos o que de mais novo e eficaz existe para o trabalho do pequeno, médio e grande produtor, pois eles têm que caminhar juntos nesse processo”, relata Ricardo Magalhães, zootecnista da Emater-DF e coordenador do Evaf. Para ele, a falta de organização no processo produtivo impede o crescimento da atividade leiteira local. “O produtor precisa administrar melhor a propriedade, conhecer os custos e o funcionamento da cadeia para alcançar empresas que paguem em dia, para lhe dar segurança e estabilidade. Dessa forma, conseguimos melhorar a produção e valorizar a produção da região, diminuindo a dependência de importações e gerando renda ao setor no DF”, aponta.

Segundo Ricardo, a qualidade do leite produzido no DF já melhorou nos últimos dois anos devido aos programas governamentais e ao trabalho da Emater junto aos produtores. “A Agrobrasília é um instrumento fundamental para essa transformação, já que concentra num mesmo local orientação sobre as melhores práticas para a produção e a oportunidade de negócios com empresas de insumos para gado leiteiro”, conclui.

Expositores
Em crescimento na Feira, a pecuária conta com algumas empresas da área leiteira, como a Nutrina, de Brasília, e a Capul, de Unaí-MG.

Agrobrasília 
A quinta edição consecutiva da Agrobrasília - Feira de Tecnologias e Negócios- será realizada no período de 15 a 19 de maio, no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, instalado no Programa de Assentamento Dirigido do Distrito Federal (PAD-DF), em Brasília. A Feira é uma realização da Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF), juntamente com o Governo do Distrito Federal, por intermédio da Empresa de Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF) e da Secretaria de Agricultura e Pecuária do DF (Seagri-DF).

A Feira tem o objetivo de propiciar a prospecção e realização de negócios pelos produtores e empresas fornecedoras de máquinas, equipamentos e insumos em geral para a agropecuária. Com o bom desempenho das edições anteriores, a expectativa dos organizadores para este ano é de que o número de expositores chegue a 330 e o volume de negócios a R$ 250 milhões, superando os indicadores de 2011, argumenta o presidente da Coopa-DF, Leomar Cenci. 

Além de máquinas e equipamentos, a Agrobrasília 2012 impulsiona produção de leite n terá outras atrações como o Espaço de Valorização da Agricultura Familiar (Evaf), apresentando circuitos temáticos de produtos como leite, mel, avicultura e horticultura. E ainda, a competição de cultivares, palestras e encontros técnicos.


 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »