26/07/2011 às 10h36min - Atualizada em 26/07/2011 às 10h36min

Produtores rurais recebem capacitação do Programa Mais Leite

CNA

Para aumentar a produção de leite, ampliar a renda e melhorar a vida das famílias que moram no campo, a Administração Regional do Senar de Santa Catarina, capacita produtores em todas as regiões catarinenses, através do Programa Mais Leite.

Hoje (26), produtores do município de Itapiranga, no oeste catarinense, recebem a capacitação em implantação e manejo de pastagens de inverno. No mesmo dia, os produtores de Irineópolis participam do treinamento em sanidade animal. As atividades acontecerão no pavilhão da igreja da Vila Nova do Timbó. Na quinta-feira, dia 28, São João do Oeste recebe o curso em implantação e manejo de pastagens de inverno, na sala de reuniões da Cooper A1, no centro.

O vice-presidente da Faesc e coordenador do Programa Mais Leite, Nelton Rogério de Souza, , explica que os produtores terão 312 horas de aulas teóricas e práticas para compreender de que forma ampliar a produção de leite na propriedade. “As atividades capacitarão desde o manejo intensivo de produção de leite até o cultivo do pasto, com exemplos teóricos e demonstrativos, acompanhados por técnicos qualificados do Senar”, observa.

Para participar, é preciso ter idade mínima de 18 anos; ser alfabetizado e efetuar as quatro operações básicas aritméticas; ser produtor de bovinos de leite e ter a atividade leiteira como principal atividade econômica. É necessário ter uma propriedade rural que já produza leite, fácil acesso à propriedade, disponibilidade imediata de água para irrigação, possuir ou ter condições de adquirir um sistema de irrigação em boas condições de uso; possuir atestado de exame dos animais para Brucelose e Tuberculose bovina e usar técnica de inseminação artificial.

Além disso, é necessário disponibilizar dados mensais de qualidade do leite; honrar com a contrapartida nos materiais e equipamentos necessários para implantação do sistema intensivo de produção de leite a pasto (irrigação, pastagem, cerca elétrica) e ser responsável pelo sistema, comprometendo-se a aplicar todas as técnicas propostas no Programa até o encerramento.

Outras informações estão disponíveis no site do Senar/SC (www.senar.com.br), pelo telefone 48 3333 0322 ou no Sindicato Rural de cada município.


 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »