22/03/2011 às 13h22min - Atualizada em 22/03/2011 às 13h22min

Programa do governo do Estado amplia bacia leiteira piauiense

Programa do governo do Estado amplia bacia leiteira piauiense

O programa Balde Cheio, de revitalização da bacia leiteira piauiense, será ampliado ainda no primeiro semestre deste ano para incluir mais cinco municípios, que passarão a contar com assistência técnica e transferência de tecnologia na área da produção de leite. 

Executado pela Secretaria do Desenvolvimento Rural (SDR), o Balde Cheio chegou ao Piauí em setembro de 2009, através de parceria do governo estadual com a Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuárias (Embrapa) de São Paulo, esta última responsável pela parte de transferência de tecnologia e qualificação técnica. 

Segundo o sub-coordenador do programa na SDR, Walter Silas, com a inclusão de mais cinco, o Balde Cheio chegará a 25 municípios piauienses, cada um deles passando a dispor de uma unidade demonstrativa do projeto. “A Embrapa funciona como consultora e se encarrega de repassar para os produtores do Piauí toda tecnologia disponível para melhorar a produção leiteira e também capacita os técnicos que funcionarão como multiplicadores’, explica. 

Walter Silas adianta que o programa ensina o produtor a reduzir custos, tornando-o empreendedor. “O Balde Cheio quer fazer o produtor ganhar dinheiro com o seu trabalho”. Ele cita como exemplo um produtor de Parnaíba, que, em pouco mais de um hectare de pasto, produz 250 litros de leite diariamente. 

O programa já atende a cerca de 50 produtores nos municípios de Teresina, União, Miguel Alves, José de Freitas, Cabeceiras, Barras, Batalha, Esperantina, Floriano, Oeiras, Paes Landim, São João do Piauí, Picos, São José do Divino, Caraúbas, Cocal, Parnaíba, Luís Correia, Ilha Grande e Joaquim Pires. Com a renovação do contrato, serão incluídos os municípios de Valença, Inhuma, Wall Ferraz, Altos e Alto Longá.

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »