29/08/2010 às 08h40min - Atualizada em 29/08/2010 às 08h40min

Nova Zelândia: exportação de lácteos da Fonterra é recorde

Valor Econômico

A neozelandesa Fonterra bateu um novo recorde de exportação de lácteos no ano fiscal encerrado em julho deste ano e iniciado em agosto de 2009. A central de cooperativas enviou ao exterior 2,1 milhões de toneladas do produto pela primeira vez em seus nove anos de história.

De acordo com informações da companhia, as exportações superaram em 60 mil toneladas o volume embarcado no mesmo período um ano antes. O presidente da Fonterra, Andrew Ferrier, disse que a demanda consistente no decorrer do ano, particularmente de mercados da Ásia, ajudou a empresa a superar os dois milhões de toneladas e terminar o ano fiscal com estoques ajustados. "A recuperação global foi liderada pela Ásia, com demanda particularmente boa da China", disse ele.

Segundo Ferrier, os lácteos representam cerca de um quarto das exportações da Nova Zelândia e como economias como China e outras partes da Ásia seguem crescendo, as perspectivas permanecem positivas.

"Ainda que continuemos a ver volatilidade de preços, o setor de lácteos mantém sua performance destacada, não apenas nos setores exportadores primários, mas também nas exportações de uma maneira geral [da Nova Zelândia]", afirmou, segundo nota no site da companhia neozelandesa.

A Fonterra é uma das seis maiores empresas de lácteos do mundo, com receita anual de US$ 11,2 bilhões e vendas totais de 2,31 milhões de toneladas de lácteos. É responsável por mais de um terço do comércio internacional de lácteos. Tem 11 mil cooperados e processa mais de 14 bilhões de litros de leite por ano. Foi criada em 2001, resultado da fusão entre a New Zealand Dairy Board, New Zealand Dairy Group e Kiwi Co-operative Dairies.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »