11/12/2018 às 12h28min - Atualizada em 11/12/2018 às 12h28min

Cotações das commodities lácteas no mercado holandês

Mercado LTO – Houve uma estagnação na oferta de leite na União Europeia (UE). Em setembro, o volume chegou mesmo a declinar levemente. Nenhum crescimento foi detectado em agosto. A seca em grandes partes do continente deixou estragos.

Na Alemanha a oferta de leite ficou no mesmo nível de setembro de 2017. Na França e Itália o volume caiu no mês de outubro. Surpreendente foi a forte recuperação da Irlanda em agosto e setembro, depois de um período de declínio. Na Holanda houve queda de 5,5% na oferta de leite em outubro, quando comparado com setembro.

De janeiro a outubro a oferta holandesa de leite caiu 2,2% em relação ao mesmo período de 2017. Na Nova Zelândia e América do Sul, países como Argentina e Uruguai a produção subiu em setembro. Na Nova Zelândia também houve significativo crescimento do volume em outubro.

Nos Estados Unidos, houve crescimento, mas, abaixo da taxa média de longo prazo (1,6%). Essa taxa de crescimento também não foi alcançada em setembro e outubro. Na Austrália houve registro de que pelo quarto mês consecutivo.

 

Depois do acentuado declínio em setembro e outubro, os preços da manteiga ficaram estáveis entre o final de outubro e o início de novembro.

No entanto, a pressão sobre os preços foi novamente sentida no final de novembro com uma demanda limitada e oferta suficiente. As cotações do leite em pó desnatado no mercado holandês mostraram ligeira recuperação na segunda metade de outubro e estabilizaram em novembro. Apesar da venda de grandes quantidades de leite em pó desnatado dos estoques de intervenção até a metade de outubro, parece que o piso do mercado ficou firme.

O declínio na cotação do leite em pó integral ficou interrompido desde o final de outubro. Desde então, os preços ficaram estáveis. O produto europeu continua muito caro para o mercado mundial, onde é grande a competitividade da Nova Zelândia.



Fonte: LTO Nederland

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »