22/03/2010 às 09h02min - Atualizada em 22/03/2010 às 09h02min

Polo do Leite lança Sistema Mineiro de Certificação de Qualidade

Governo de Minas Gerais

Será assinado amanhã (23) no 11º Congresso Pan-Americano do Leite, às 14h, no Minascentro, um acordo de cooperação técnica entre o Governo de Minas e a empresa certificadora alemã TÜV Rheinland. O objetivo do acordo é a conjugação de esforços e a realização de ações para o treinamento, fornecimento de certificação, avaliação de fornecedores e desenvolvimento de selo para o setor lácteo, pela TÜV Rheinland do Brasil Ltda, impactando negócios e o desenvolvimento sustentável, em atendimento aos objetivos do programa Polo de Excelência do Leite, do Governo de Minas. 

A partir dessa data terá início a elaboração das normas para certificação de laticínios, projeto inédito no país, o que reforça o pioneirismo e liderança de Minas Gerais no setor agroindustrial do leite. Minas produz 1/3 do leite nacional, com mais de 7 bilhões de litros por ano. O foco inicial do projeto são 100 indústrias da Zona da Mata e Campo das Vertentes já mapeadas que receberão um subsídio do Estado para treinamento, tanto dos fornecedores, quanto para as boas práticas de fabricação e pontos críticos de controle, prevendo até a certificação com ISO 22.000. 

Até julho será treinado e certificado o primeiro laticínio do Estado como projeto-piloto de todo o sistema. O impacto positivo desse trabalho na cadeia produtiva do leite será imediato, e nos cinco anos previstos inicialmente para cumprimento desse acordo certamente já teremos dado um enorme salto na qualidade e segurança, alavancando com isso as exportações e o valor agregado de nossos produtos. 

O Polo de Excelência do Leite é um programa da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), criado em 2008, em Juiz de Fora, com a parceria de outras secretarias como Seapa e Sede, além de Epamig, Embrapa, Silemg, Fiemg, entre outras entidades e instituições. O Polo de Excelência do Leite está realizando uma série de ações visando à consolidação da liderança mineira na produção de leite e nas pesquisas, por meio de projetos que incentivem a qualidade e boas práticas capazes de influenciar decisivamente na comercialização internacional dos produtos lácteos. 

Pelo Governo de Minas, assina o documento o secretário da Sectes, Alberto Duque Portugal, e pela certificadora alemã TÜV Rheinland, Regina Célia Toscano.


 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »