22/03/2010 às 09h01min - Atualizada em 22/03/2010 às 09h01min

Abre divulga números do setor de embalagens e expectativas para 2010

Abre divulga números do setor de embalagens e expectativas para 2010 

A Abre (Associação Brasileira de Embalagem) divulgou hoje, em café da manhã também patrocinado pela Fispal Tecnologia, os resultados do Estudo Macroeconômico da Embalagem ABRE/FGV. O estudo, realizado há 14 anos, traz o desempenho do setor em 2009 e o cenário para este ano.

Os dados computados apontam que a indústria de embalagens teve um 2009 de superação, fechando o ano com receita de R$36,2 bilhões. A produção física no período decresceu nos três primeiros bimestres, mas se recuperou no quarto trimestre, com a passagem da crise.

A indústria de embalagem de plástico foi a que teve maior crescimento em produção (aumento de 5,56%), seguida pela produção de embalagens de papel (aumento de 4,35%) e metal (aumento de 0,23%).

Quanto às exportações, o faturamento atingiu US$351.410 mil, número 35,69% menor que o apresentado em 2008. Os segmentos de embalagens plásticas e metálicas foram os principais responsáveis pelas exportações, com 43,60% e 23,75% respectivamente. As importações de embalagens vazias também diminuíram (3,73%), com faturamento de U$461.763 mil.

As perspectivas para 2010 são otimistas. O estudo prevê crescimento entre 4,7% e 6,1%, que pode ser o melhor resultado desde 1995. As receitas das fabricantes nacionais de embalagem também devem crescer, para R$ 39 bilhões, superando os R$ 36,2 bilhões gerados em 2009.

Esse cenário otimista deve propiciar novas negociações durante a Fispal Tecnologia, 26ª Feira Internacional de Embalagens, Processos e Logística, feira que reunirá todo o setor nos dias 8 a 11 de Junho deste ano, no Centro de Exposições Anhembi.

Para saber mais sobre o levantamento, acesse: http://www.abre.org.br/
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »