02/01/2017 às 12h52min - Atualizada em 02/01/2017 às 12h52min

Inaugurada primeira etapa de laticínio de R$ 100 milhões no Oeste

Foi inagurada, em Pinhalzinho, a primeira fase da nova indústria da Tirol. Inicialmente foi inaugurado o posto de recebimento e resfriamento de leite, que deve começar a operar em fevereiro, com 200 mil litros/dia. No segundo semestre deverá ser inaugurada a segunda fase, já com 400 mil litros dia, com produção de leite condensado e doce de leite.

Até o final de 2017 serão investidos R$ 100 milhões e gerados 175 empregos diretos.

Na terceira fase serão industrializados mais um milhaõ de litros, com a fabricação de leite em pó, ceme e queijos especiais.

O secretário de Agricultura do Estado, Moacir Sopelsa, disse que a unidade é muito importante para o objetivo de Santa Catarina em aumentar a exportação de lácteos. Ele destacou que o investimento no Oeste mostra que as indústrias estão apostando na continuidade da expansão da bacia leiteira catarinense.

Produção de leite deve crescer 6%

A produção catarinense de leite deve crescer 6% em 2016, segundo estimativas da indústria. A produção deve chegar a 3,25 bilhões de litros no ano, segundo cálculos do secretário adjunto da Agricultura, Airton Spies. Os motivos são o investimento em genética e clima mais favorável do que no ano passado.

SC mira quarto lugar no país

Com o crescimento da produção local aliado a uma queda de produção em Goiás, Santa Catarina pode alcançar o quarto lugar no país. Isso com apenas 1,2% do território nacional. O motivo é que Santa Catarina tem clima favorável para pastagem, mão-de-obra qualificada e investimento em indústrias.

http://dc.clicrbs.com.br/sc/noticias/de-ponto-a-ponto/noticia/2016/12/inaugurada-primeira-etapa-de-laticinio-de-r-100-milhoes-no-oeste-8999245.html


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »