19/10/2011 às 08h34min - Atualizada em 19/10/2011 às 08h34min

Mestrando pesquisa tratamento de efluentes emitidos por laticínios

As indústrias de laticínios contribuem para a degradação do meio ambiente devido a elevada quantidade de efluentes eliminados por elas no processo da produção de laticínios. Pensando nisso, o aluno Flávio da Rocha Azevedo, do Programa de Pós-Graduação em Ecologia, do Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), elaborou a dissertação de mestrado “Estudo comparativo da tratabilidade de efluente de laticínio através de processo oxidativo avançado”, sob a orientação do professor Luiz Fernando Cappa de Oliveira.

 

O trabalho tem como objetivo estudar a remoção de carga orgânica em diferentes arranjos reacionais, variando a forma de adição de reagentes e a presença ou não de iluminação. Os meios não iluminados simularam reatores reais. Segundo Cappa, a dissertação é uma pesquisa que envolve tratamento dos efluentes das indústrias de laticínios e tem como função modificar este processo.

 

Os resultados encontrados no trabalho mostraram que a adição por tempo contínuo dos reagentes e a presença de radiação de ultravioleta obtiveram melhores resultados que os tratamentos clássicos, utilizados nas indústrias atualmente.

 

A importância do estudo para o meio ambiente está no fato de o sistema ser de aplicação simples e mais barato do que os sistemas de tratamentos usuais. Com isso, percebe-se que a aplicação em escala real poderia estimular, principalmente, os pequenos laticinistas, contribuindo na conversação de recursos hídricos e na adequação do empreendimento aos requisitos legais. Para Flávio Azevedo da Rocha, “o estudo deixa lacunas a serem exploradas e pretendo adequá-las para projeto futuro de doutorado”.




Autor: Flávio da Rocha Azevedo

Referências bibliográficas: 

Outras informações: (32) 2102-3200 (Instituto de Ciências Biológicas)

www.ufjf.br/ecologia


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »