24/10/2010 às 16h09min - Atualizada em 24/10/2010 às 16h09min

Por que o soro do leite?

Há muitas fontes de proteína. Ovos, carne, caseína e a proteína da soja são bastante comuns. Mas quando os verdadeiros atletas e fisiculturistas procuram uma retenção de nitrogênio ótima, não há nada melhor do que o soro de leite.

 

As pesquisas indicam que para que o balanço nitrogenado dos atletas de resistência e força se mantenha positivo há a necessidade de ingerir até 2,0 g de proteína por kg de peso corporal por dia. Esse consumo extra de proteína pode causar estresse metabólico aos órgãos, a menos que a fonte protéica possua um alto Valor Biológico (VB). (1) Quanto maior for esse valor, melhor. E a proteína do soro de leite possui omelhor valor biológico de todas as outras proteínas.

 

Em princípio, o valor biológico mede a qualidade de uma proteína ao comparar as concentrações do nitrogênio corporal absorvido da ingestão com aquelas resultantes da digestão. A elevada classificação do valor do soro do leite reflete a sua fácil digestão e excelente eficiência metabólica. (2)

 

Assim como o VB, a Relação da Eficiência Protéica (PER) mede a qualidade da proteína ao avaliar o grau de eficiência da utilização da proteína pelo organismo. A PER da proteína do soro de leite é muito maior que a das demais fontes protéicas.

 

VB e PER de proteínas selecionadas


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »