08/04/2015 às 14h26min - Atualizada em 08/04/2015 às 14h26min

Litro do leite cai 6,8% em três meses no Paraná

Gazeta do Povo

A cadeia leiteira do Paraná tem amargado um ano preços baixos em 2015.

A cadeia leiteira do Paraná tem amargado um ano preços baixos em 2015. Boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab) aponta que entre janeiro e março deste ano o valor médio pago pelo litro caiu 6,8%, chegando a R$ 0,82/litro no mês passado. A remuneração dos produtores também está 13,6% menor do que nos doze meses de 2014, quando fechou na média de R$ 0,98/litro.

Fatores como o aumento na oferta, a elevação na importação de lácteos e queda sazonal de consumo tem motivado essa retração. Os técnicos da Seab indicam que no primeiro trimestre deste ano as condições climáticas foram mais favoráveis no Paraná, permitindo uma recuperação nas pastagens e consequente aumento na captação.

Como agravante, o histórico de bons preços nos últimos dois anos motivou a adesão de novos produtores na atividade, ao mesmo tempo em que fomentou reforço nos investimentos em produção por parte dos pecuaristas que já estavam no mercado.

Isso também contribuiu para um acréscimo na oferta do alimento. Esse volume excedente só deve perder efeito os meses de maio e junho, permitindo uma retomada nos preços do produto, indica a Seab.

Aperto R$ 0,77 por litro foi o preço pago aos produtores de leite na região de Umuarama na última semana de março. Região teve as piores médias de remuneração do estado, refletindo a forte desvalorização do alimento.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »